POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Isenção de vistos para cidadãos europeus: UCID não se opõe à decisão, mas promete fiscalizar 18 Abril 2017

O Presidente da UCID, António Monteiro, defendeu, esta terça-feira, que não se opõe à decisão do Governo na isenção de vistos para a entrada de cidadãos europeus a Cabo Verde. Entretanto, já deixou claro que o seu partido vai fiscalizar tudo aquilo que passa no país, pois, espera que a medida traga benefícios concretos ao desenvolvimento da economia.

Isenção de vistos para cidadãos europeus: UCID não se opõe à decisão, mas promete fiscalizar

“Houve uma falha de comunicação por parte do Governo, por isso, deve tirar ilações deste acto para haver sintonia e não ruídos que possam prejudicar os objectivos que o país poderia ganhar. Por outro lado, nós não conhecemos realmente quais as medidas que o executivo irá atingir com a tomada de posição em termos de isenção de vistos para os países europeus. Todavia, o que conta é atingir o desenvolvimento económico e criar condições para que o povo viva bem”, disse António Monteiro.

Para o dirigente, se a medida foi anunciada, “provavelmente foi posta na balança, e deverá ter pesado”, o que, “consequentemente chegou a conclusão que seria a mais acertada”.

“Se o Governo entende que deve abdicar-se de quase 1.8 milhões de contos ano, para poder atrair mais investimentos, para atrair mais turistas, então temos de apoiar”.

Contudo, Monteiro esclarece que a UCID não deve, neste momento, “penalizar” o Executivo liderado por Ulisses Correia e Silva, por esta tomada de posição, mas sim, “ir controlando aquilo que se vai passando no país e exigir que a população cabo-verdiana, os empresários cabo-verdianos tenham melhores condições para o desenvolvimento da economia, para a criação de emprego e para o bem-estar social”.

Hélio Robalo

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau
publicidade


Newsletter