POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Líder do PAICV: A questão da segurança no país deve ser tratada de forma não politizada 19 Junho 2017

A líder do PAICV disse, à saída de um encontro, neste sábado,16, com o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, que a questão da segurança em Cabo Verde deve ser tratada de forma “não politizada”, mas com responsabilidade e sentido de Estado por parte de todos os partidos e titulares de cargos políticos. Janira Hopffer Almada alerta que "os níveis da criminalidade aumentaram e já não é possível esconder isso", mesmo que sejam noticiados pelos meios públicos da comunicação social.

Líder do PAICV: A questão da segurança no país deve ser tratada de forma não politizada

“Pedi ao presidente do MpD (Movimento para a Democracia) e chefe do Governo que pudéssemos incluir a questão da justiça e segurança como uma das matérias de interesse para o diálogo regular que queremos”, disse aos órgãos da comunicação social a presidente do Partido Africano da Independência de Cabo Verde.

Na perspectiva de Janira Hopffer Almada, os níveis de criminalidade “aumentaram e já não é possível esconder, mesmo que não se divulgue na televisão e que não seja noticiado”, informa, alertando o grande publico para este facto.

Janira Hopffer Halmada alerta que esse fenómeno afecta sobretudo o turismo, que tem um grande impacto no crescimento do Produto Interno Bruto e da economia cabo-verdiana. “Há um grande perigo de as pessoas estarem a sentirem-se cada vez mais inseguras e há ainda um outro perigo de isto afectar negativamente o turismo, que representa mais de 22 por cento do Produto Interno Bruto (PIB)”, concluiu a líder do maior partido da oposição em Cabo Verde.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau
publicidade


Newsletter