OPINIÃO

O cuidar mutuamente 15 Julho 2019

É a dimensão humana que chama cada homem para uma relação saudável e um cuidar mutuamente. Quando se olha para o outro como semelhante, a distância se encurta, a relação se estreita, o ódio e a inveja se desmancham, a necessidade do cuidado mútuo se aflora e o sentido da existência se apresenta a todos.

Por: José João Neves Barbosa Vicente*

5 Comentários

A vocês, jovens! 10 Julho 2019

Cabo Verde já entrou no aspiral da desgraça e se vocês os jovens não forem capaz de conter esses insensíveis arrogantes, o vosso futuro será ainda mais desastroso.Há que unir e manifestar mais vezes, em todas as ilhas, para que os governantes arrogantes entendam o peso das manifestações, num país que continua dependendo em parte das doações, empréstimos e arremessas dos Emigrantes. Estes últimos também continuam sendo vítimas diários do sistema montado nas Alfândegas, Correios, Cartórios e outras instit

8 Comentários

Alguns economistas dizem que nova crise está à porta, mas as crises podem ser benéficas 07 Julho 2019

Na verdade não há organização, como não há ser humano que viva sem crises e sem sentir ansiedade diante delas. Mas as crises podem ser benéficas, desde que se tenha a capacidade de lhes responder produtivamente.

Por. Adrião Simões Ferreira da Cunha *

1 Comentário

Parlamento: A Casa do povo cabo-verdiano 01 Julho 2019

Com 72 Deputados, num país de apenas 525 mil cidadãos, é inadmissível que não haja recursos humanos suficientes para se criar todas as condições necessárias para combater as inúmeras ilegalidades e anomalias governamentais existentes no país. Quanto aos recursos financeiros acho que seria disparate minha estar aqui a tentar argumentar contra as propagandas do Governo quando o Ministro dos Negócios Estrangeiros diz publicamente, na Assembleia Nacional que Cabo Verde não tem problemas com dinheiro para pagar um

10 Comentários

Sobre a obrigatoriedade de responder aos inquéritos estatísticos 25 Junho 2019

Como se compreende, sem legislação que determine a obrigatoriedade de resposta aos inquéritos estatísticos oficiais e que estipule sanções aos infratores, não é possível pensar em produção de Estatísticas Oficiais com qualidade [fiáveis, oportunas e pontuais].Por outro lado, a obrigação de responder implica a repartição do peso da recolha da informação entre todas as unidades estatísticas do universo a observar e não somente entre as que são suficientemente conscienciosas para voluntariamente assumir

2 Comentários

Tarrafal de São Nicolau: Da má gestão a um desenvolvimento torto 16 Junho 2019

O que me motiva a redigir este pensamento é a revolta contra o uso abusivo e excessivo do poder por parte do autarca do Tarrafal São Nicolau, José Freitas de Brito, na forma como vem conduzindo os destinos do nosso município, ao distribuir mal os parcos recursos financeiros à disposição da câmara municipal. As últimas decisões do atual líder autárquico prendam-se única e exclusivamente ao luxo próprio e não ao bem comum.

12 Comentários

Parlamento infantil ou jardim infantil 15 Junho 2019

Os Deputados não foram eleitos, mesmo sendo através de listas totalmente partidárias, para irem ao parlamento quando bem entenderem e trabalhar quando lhes apetecer. Convém, que a direção do Parlamento ofereça aulas obrigatórias do conteúdo da Constituição aos eleitos para que comecem a respeitar os direitos e deveres constitucionais dos Deputados.

Por: Carlos Fortes Lopes*

7 Comentários

Responsabilização em Cabo Verde, o calcanhar de Aquiles 09 Junho 2019

O nosso Parlamento é o palco das acusações, mas nunca as coisas saiam dali, para terem o desfecho que deveriam ter. Daí as coisas tornam-se repetitivas, estando um ou o outro no poder. O que ouvimos são insinuações e acusações que não passam de agressões verbais e, às vezes, físicas, dos dois lados, com mais assentos parlamentares, para tentarem responsabilizar onde ninguém é responsabilizado.

Por: Efrem Soares

9 Comentários

Em torno da independência do Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde 08 Junho 2019

Embora o princípio da Independência dos INE seja pacífico, a verdade é que os INE podem sofrer por vezes tentativas de intromissão, diretas ou indiretas, por parte dos utilizadores, visando uma certa orientação da sua atividade, pelo que se impõe um dispositivo legal que defenda os INE daquelas tentativas que, além dos conflitos que ocasionariam, poderiam originar a produção de estatísticas ″orientadas″, com a consequente perda, irreparável, da sua credibilidade.

Por: Adrião Simões

1 Comentário

A importância da estatística no destino do país e sugestões de melhorias 06 Junho 2019

É preciso que o INE seja uma instituição totalmente independente do governo, sem nenhuma ligação política-partidária, sem ter de nomear pessoas de confiança a cargos de chefia, sob influência de condicionar os trabalhos do próprio instituto. Os dados devem ser apresentados com seriedade para o bem do país, por conseguinte, os cargos de chefia do INE deviam ser ocupados através de concurso público, regulado também por uma instituição independente. Ou se a lei permite, que seja criada uma instituição priva

5 Comentários

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project