REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

1ª travessia aérea transatlântica ’non stop’ impulsionada por prémio há cem anos 16 Junho 2019

Os correios aéreos com escala em Cabo Verde durante o primeiro quartel do século passado participam duma rede mundial impulsionada pela indústria, como indica o prémio instituído em 1913 por um jornal inglês e que, interrompido pela Grande Guerra, veio a ser atribuído em junho de 1919.

1ª travessia aérea transatlântica ’non stop’ impulsionada por prémio há cem anos

O hidroavião que saiu dos Estados Unidos rumo ao Reino Unido bateu todos os recordes: primeiro voo transatlântico em menos de 72 horas, primeiro voo postal transatlântico em menos de 72 horas, os 3.040 km percorridos em 15 horas e 57 minutos, a uma velocidade média de 185 km/h.

O voo que decorreu a uma altitude variável, entre o nível do mar e os 3.700 metros, partiu com 3.900 litros de combustível e só à chegada sofreu um contratempo: o hidroavião aterrou de nariz. Os dois pilotos saíram ilesos.

Os dois pilotos, recebidos como heróis, foram festejados no dia seguinte em Manchester (vindos da vizinha Irlanda) e dias depois o rei Jorge V (avô da rainha Isabel) nobilitou-os numa cerimónia no castelo de Windsor.

Também receberam treze mil e duzentas libras (c. 87.000 contos) de prémios monetários, dez mil das quais eram o prémio instituído pelo Daily Mail.

Fontes: Históricas. Fotos: 1. Aterragem em 15 de junho de 1919 resultou num acidente sem vítimas. 2. (inserta) Estátua de Alcock e Brown à entrada do ’London Heathrow Airport’, o maior aeroporto do Reino Unido.

Os artigos mais recentes

16 Jul. 2019
Publicidade
Nice Kriola

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project