REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

111 anos da República: "Por um Portugal mais inclusivo, que entre a tempo no novo ciclo económico " 05 Outubro 2021

Esta manhã de terça, tal como há 111 anos, todos os olhares convergem para o edifício da Câmara de Lisboa, de onde José Relvas na manhã do dia 5 de outubro de 1910 proclama a República Portuguesa. Terminavam assim mais de sete séculos de Monarquia, iniciada com a Independência de Portugal em 1140. Dois anos antes do ’Cinco de Outubro’, os republicanos tinham chocado o mundo, com o assassinato do rei D. Carlos e do herdeiro do trono D. Luís Filipe. Registe-se que este príncipe foi o único membro da realeza portuguesa que visitou Cabo Verde em mais de quatrocentos anos.

111 anos da República:

O centésimo-undécimo aniversário da Implantação da República Portuguesa tem, como todos os anos desde 1910, a praça do Município como o lugar central da comemoração. Ao contrário do ano passado sem discurso, este ano o presidente Marcelo discursou e apelou a dar sentido a esta data tornando "Portugal mais inclusivo".

"Se queremos que o 5 de Outubro tenha algum sentido para todos nós, então há que dele fazer uma data viva, não um ritual". "O 5 de Outubro de 2021 só é uma data viva se quiser dizer um Portugal mais inclusivo, que entre a tempo no novo ciclo económico — clima, energia, digital, ciência, tecnologia e no renovado ciclo produtivo, com aposta no conhecimento para muitos mais. Assim projetará no futuro os ideais originários da República: um Portugal mais atento ao povo, à sua soberania, às suas necessidades, à sua voz nos direitos sociais, na atividade económica e na educação. Se queremos um 5 de Outubro data viva, então criemos um Portugal mais inclusivo".

Esta manhã de terça comemora aquela manhã de há 111 anos, em que ao fim de anos de insucessos, a vitória sorriu aos ideólogos e militantes republicanos que queriam um novo rumo para o país. A via para a mudança implicava derrubar a Monarquia desmoralizada sobretudo após o "Ultimato" de 1889 e a perda de territórios em África, na partilha entre as potências coloniais segundo o Mapa Cor-de-Rosa, que relegou Portugal para um lugar secundário.

Em 1910, os Republicanos havia um quarto de século que lutavam para implantar o regime, depois de derrotas no parlamento e na frente de batalha, designadamente a do Porto em 31 de janeiro de 1890.

Regicídio de 1908 abriu caminho para a República em Portugal

Dois anos antes do ’Cinco de Outubro’, os republicanos tinham chocado o mundo, com o assassinato do rei D. Carlos e do herdeiro do trono D. Luís Filipe. Registe-se que este príncipe foi o único membro da realeza portuguesa que visitou Cabo Verde em mais de quatrocentos anos.
— -
Fontes: RTP/Fontes históricas. Fotos: (À d.ta) Discurso do Presidente de Portugal nos Paços do Concelho de Lisboa. (À esqª) Pintura de Veloso Salgado que celebra a vitória dos Republicanos nas eleições municipais de 1908.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project