MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

11º do Decálogo: 1º casamento de ’coletes amarelos’ até teve cobertura da TV — Ela põe-no na cadeia ao 26º dia por VBG 03 Abril 2019

A lua de mel ainda nem começara, Christel começou a experimentar a lua de fel. Mas ela deu-lhe logo um basta. O casamento no sábado, 16, o do acto XIV só durou até ao acto XVI dos "coletes amarelos" — sem a presença do casal, já que ela prometeu: " Agora os sábados são em casa, com o meu marido".

11º do Decálogo: 1º casamento de ’coletes amarelos’ até teve cobertura da TV — Ela põe-no na cadeia ao 26º dia por VBG

Macron uniu-os, através do combate que ele e ela empreenderam, desde o dia 17 de novembro, do acto I, inaugural, do movimento em toda a França, contra as medidas políticas do governo sob a presidência Macron.

Um namoro relâmpago, que tinha de acabar em casamento, disseram à televisão nesse 16 de fevereiro do casamento na câmara de Montluçon a 330 quilómetros de Paris. Transmitido na France 3, o país inteiro viu, as shares de audiência mostram que todos gostam de histórias de amor com final feliz.

Mas o mau feitio de Ennrick pôs um fim amargo, com violência e cadeia pelo meio, ao ’final feliz’. Maus fígados que se revelaram cedo, aliás, "desde 15 de fevereiro", assim mesmo, véspera do enlace, com cobertura televisiva!

A queixa na esquadra local conta de "comportamentos violentos", "em várias ocasiões, de 15 até 27 de fevereiro", que iam desde "ameaças, humilhações, escarros no rosto e socos" .

Treze dias de violência conjugal, como reporta o jornal local La Montagne que consultou o boletim policial.

Em casa do militante pela justiça, afinal mandava a lei do sexo forte sobre o sexo dito fraco. A lei dum Ennrick indiferente às leis da igualdade.

Christel é que não se deixou fazer: mostrou-lhe logo o caminho da enxovia, a ver se Ennrick aprende o 11º do decálogo: "Ama a tua mulher como a ti mesmo".

Ennrick foi mandado para a cadeia no dia 14 de março, até ao julgamento em junho.

Desfez-se o nó, muito antes de verem o resultado do seu combate pela justiça social — aquela que como dizia o ’colete amarelo’ orleanense, no sábado, 30, há-de chegar "em 2025... talvez".

Teorias sobre os casamentos relâmpago

A webesfera tem muitas teorias sobre os ditos.

"Esperei quinze anos para conhecer bem a pessoa antes de me casar", diz um na sua conta Twitter.

— -
Fontes: La Montagne/France 3. Foto: Em 16 de fevereiro, logo depois de registarem o casamento em Montluçon, com direito à cobertura da France 3, Christel e Ennrick voltaram, com o mesmo colete amarelo, ao lugar do seu primeiro encontro, durante uma manifestação na portagem de Bizeneuille, no Allier. Montluçon e Bizeneuille pertencem ao mesmo departamento, Bouches-du-Rhône-Auvergne, no sul de França.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project