OPINIÃO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

2 opinadores, 3 opiniões — Rei Carlos fez príncipes mais 2 netos 16 Setembro 2022

Príncipe Archie e princesa Lilibet: os dois filhos do secundogénito do rei Carlos vão receber do avô um dos títulos que Meghan reivindicou — a tal ponto que em 2020 chegou mesmo a fazer graves acusações à Casa Real sobre a falta de proteção ao filho e sobre alegados comentários de cariz racista.

2 opinadores, 3 opiniões — Rei Carlos fez príncipes mais 2 netos

O rei Carlos III distinguiu-se no seu primeiro discurso por mensagens emotivas — com referências à "muito amada mãe", aos "queridos filhos William e Kate, Henry e Meghan".

Mas as tensões entre o casal de Sussex e a Casa Real continuam nesta semana de luto, segundo refere a imprensa britânica, já que outra das reivindicações do duque e duquesa de Sussex não foi atendida: a atribuição dos títulos de HRH, Sua Alteza Real para Archie, de três anos, e Lilibet Diana, de um ano.

Na polémica entrevista que Meghan Markle e o príncipe Harry concederam a Oprah Winfrey, pouco depois da sua saída da Casa Real britânica em 2000 — um Meghexit que levou o casal a fixar residência no outro lado do Atlântico, primeiro no Canadá e depois Estados Unidos — a ex-atriz e duquesa de Sussex expressou que pedia os títulos para garantir a segurança do filho depois que "disseram que o Archie não vai ter o título de príncipe".

"Enquanto estive grávida, assistimos a conversas sobre ele não vir a ter segurança, sobre o facto de não receber um título e ainda sobre quão escura a pele dele poderia ser quando nascesse, tudo ao mesmo tempo. Isso chegava até mim através do Harry, foram conversas que a família teve com ele", referiu Meghan Markle na entrevista do casal Sussex à Oprah Winfrey.

Dinastia

Sob o novo rei, os lugares na ordem sucessória passam a ser: 1º William, 2º a 4º os seus três filhos, 5º Harry, 6º e 7º os seus dois filhos.

A entrada da filha de William na linha de sucessão (3ª) é um facto histórico: pela prmeira vez na monarquia britânica, a filha deixa de ser preterida na sucessão dinástica. As rainhas Isabel I (século XVI), Vitória (século XIX) e Isabel II (século XX-XXI) ascenderam ao trono porque não havia um irmão.

A monarquia espanhola também mudou a lei recentemente para permitir a sucessão feminina já que o rei Felipe VI só tem (duas) filhas. Comparativamente o Japão continua a atribuir a sucessão aos membros do sexo maculino da família do imperador: tio, irmão, sobrinho.

Fontes: BBC/Daily Mail.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project