INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

25 anos fugitivo, financiador dos massacres do Ruanda é detido em Paris 18 Maio 2020

O empresário ruandês Félicien Kabuga, há 25 anos procurado pela Interpol para responder por crimes de guerra no TPI, terminou ontem a fuga. A polícia deteve-o em casa na área metropolitana de Paris, onde residia com um nome falso.

 25 anos fugitivo,  financiador dos massacres do Ruanda é detido em Paris

"O empresário ruandês Félicien Kabuga, considerado o financiador do genocídio de 1994 e ativamente procurado pela justiça internacional há vinte e cinco anos, foi detido sábado, 16 maio na região parisiense", anunciou em comunicado de imprensa a Procuradoria-Geral de Paris.

O empresário nascido no Ruanda há 84 anos é acusado de ter, durante o ano de 1994, fornecido "armas, veículos e uniformes às milícias Interahamwe e ao exército em todos os municípios" do Ruanda, lê-se no processo do TPI, entidade onusiana.

As milícias constituídas por jovens — recrutados sobretudo na etnia hútu através duma máquina de propaganda bem oleada e dirigida por Kabuga — receberam armas como machins e catanas importados da China, detalha um documento do TPI. Seguiu-se o genocídio de mais de oitocentas mil pessoas.

Segundo o processo do TPI, o empresário Kabuga "criou um fundo" com dotações por importantes empresários destinado "a fornecer assistência ao governo de transição, para combater o inimigo e os seus cúmplices". O inimigo são os Tutsis, os cúmplices são Hútus opositores aos extremistas do regime Habyarimana, incumbido do governo de transição.

Félicien Kabuga sempre negou ter participado no genocídio e continua a proclamar a sua inocência. Ver também. Comitê de Apoio Kabuga Félicien
um dos piores genocídios da história,

América ofereceu $5 milhões

O departamento de Estado ofereceu cinco milhões de dólares pela sua captura. Esteve na lista interpol (foto de jornal em Nairóbi, Quénia, com o aviso "Procura-se", em 2002).

Fontes: AFP/Reuters/Le Monde. Foto: Ativamente procurado o empresário ruandês Félicien Kabuga viveu tranquilo em Paris durante 25 anos sob um nome falso e protegido pelos filhos.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project