ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

5 de Julho: Parlamento celebra 44 anos da Independência Nacional, Sokols promove manifestação no Mindelo contra governo 05 Julho 2019

O Dia da Independência Nacional, que se celebra esta sexta-feira,05 de Julho, vai ser assinalado por duas actividades políticas de fôlego. Um deles é a sessão solene especial da Assembleia Nacional, alusiva à data. A outra vai ser a manifestação de Mindelo contra o Governo e a Câmara Municipal, por causa do alegado centralismo da Capital, promovida pelo movimento cívico Sokols 2017.

5 de Julho: Parlamento celebra 44 anos da Independência Nacional, Sokols promove manifestação no Mindelo contra governo

Conforme anuncia no seu site oficial, Assembleia Nacional assinala esta sexta-feira, 05 de Julho, a partir das 10h00, no Salão Nobre Abílio Duarte, o Dia da Independência de Cabo Verde, com a tradicional sessão solene evocativa da data.

A fazer fé no programa aprovado, durante a cerimónia intervirão vários titulares de cargos políticos, com destaque para o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, que dirigirá, via ao parlamento, a sua mensagem aos cabo-verdianos residentes e na Diáspora. O mesmo vai acontecer com o presidente da AN, Jorge Santos. Intervirão ainda na mesma sessão os representantes dos partidos políticos com assentos na AN – MpD (poder), PAICV (oposição) e UCID. Depois disso, haverá uma sessão cultural em apoio à candidatura da Morna a Património Imaterial da Humanidade.

Conforme a fonte deste diário digital, a Sessão Solene de 05 de Julho é aberta à Sociedade Civil e deverá contar com presenças de várias autoridades e dirigentes nacionais. São os casos de antigos titulares dos Órgãos de Soberania, Presidentes de Câmaras e Assembleias Municipais, Combatentes da Liberdade da Pátria, Corpo Diplomático e Organismos Internacionais acreditados no país, Representantes das Confissões Religiosas e das Organizações da Sociedade, Profissionais da Comunicação Social, entre outros convidados.

Já no Mindelo, depois do tradicional baile monumental realizado esta quinta-feira na Rua Lisboa, o foco está virado para a manifestação popular de 05 de Julho, convocada pelo movimento cívico Sokols 2017.

A organização espera contar com uma participação massiva por parte dos sanvicentinos nesse protesto por mais autonomia política e económica da ilha.

Para o presidente Salvador Mascarenhas, a manifestação de sexta-feira “tem toda a razão de ser”, porque considera que existem muitos problemas em São Vicente, na região norte e em todo o país. Denominada de “Por São Vicente, quem cala consente”, o presidente do Sokols disse que o protesto é contra o que diz ser o bloqueio que a ilha e toda a região norte do país estão a sofrer.

“E também contra a desonestidade do Governo. São imensas promessas que têm sido feitas à ilha, e que não têm sido cumpridas, também que os deputados nos representem como deve ser, ou seja queremos que haja mais competência governativa em Cabo Verde”, pediu segundo a Lusa.

“Há um manifesto bloqueio desta ilha, antes pensava que era teoria da conspiração, mas observando todos os dados é possível constatar que há um certo bloqueio”, insistiu Mascarenhas.

O líder associativo apontou “várias situações”, mas disse que o que salta à vista é o problema dos transportes, com ausência de ligações aéreas pela Cabo Verde Airlines (CVA).

Outras atividades para 05 de Julho

Para celebrar os 44 anos da independência de Cabo Verde estão ainda previstas várias outras actividades. O Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, deve inaugurar (ver este jornal) a Praça Amílcar Cabral, que foi construída pela Câmara Municipal, junto do auditório nacional.

A líder da oposição, Janira Hopffer Almada, vai presidir, paralelamente à sua participação nas actividades centrais do 05 de Julho, um encontro alargado de militantes e amigos do PAICV em São Francisco, promovido pela Região de Santiago Sul.

Já na disporá estão programadas inúmeras atividades para assinalar o dia da independência nacional, com destaque para países como Portugal, Itália e Estados Unidos, onde estão previstas várias acções políticas e culturais (ver este jornal).

«Honra aos Heróis Nacionais que lutaram pela independência de Cabo Verde», fazem questão de relançar alguns cabralistas ouvidos por este jornal acerca do significado de 05 de Julho.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project