INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

70 anos de Israel — PM Netanyahu em colisão com Diáspora sobre refugiados 27 Abril 2018

As comemorações, em curso até maio, do septuagésimo aniversário do Estado de Israel põem em evidência o descompasso entre a significativa diáspora e o governo, no que toca à política de imigração. O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu é visado pela famosa atriz Nathalie Portman, que recusa o prestigiado prémio "Genesis" em protesto contra a perda de "valores judaicos" do executivo que "maltrata os refugiados".

70 anos de Israel — PM Netanyahu em colisão com Diáspora sobre refugiados

"Israel foi fundado há setenta anos exatos como um porto seguro para os refugiados, que fugiam do Holocausto. Mas o mau acolhimento dado aos que sofrem as atrocidades de hoje contraria totalmente os valores judeus"."Tenho, como interessada no destino de Israel, o dever de levantar a voz contra a violência, a corrupção, a desigualdade e o abuso de poder", escreveu Nathalie Portman.

A carta desta atriz famosa, "a primeira atriz nascida nos anos de 1980 a ganhar um Óscar", foi publicada esta quarta-feira como uma sua justificação para recusar o prémio "Genesis", com que o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu distingue os judeus da diáspora. Já o receberam personalidades de origem judia como o ator Michael Douglas, o Edil de Nova Iorque, Michael Bloomberg.

Nathalie Portman ganhou o Óscar de ’Melhor Atriz’ em 2010, pela sua interpretação do filme Cisne Negro.

40 mortos, 5511 feridos

As Nações Unidas divulgaram, esta quarta-feira, que o último conflito entre palestinos e israelitas na Faixa de Gaza causou a morte de quarenta palestinos e que 5511 ficaram feridos.

Fontes: Le Monde/IMDB.org

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project