ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

AN: “Governo está à altura das complexidades da pandemia e encara de forma séria o combate à covid-19” – Joana Rosa 25 Mar�o 2021

A líder da bancada parlamentar do MpD, Joana Rosa, destacou, hoje, os investimentos na saúde, salientando que o Governo “esteve e continua à altura das complexidades” da pandemia e “encara de forma séria” o combate à covid-19.

AN: “Governo está à altura das complexidades da pandemia e encara de forma séria o combate à covid-19” – Joana Rosa

A intervenção de Joana Rosa, durante o período da declaração política do Movimento para a Democracia (MpD), na sessão plenária da Assembleia Nacional, nesta que é a última da IX legislatura, teve como foco o sector da saúde e as medidas implementadas pelo Governo na mitigação da covid-19 em Cabo Verde.

A parlamentar acrescentou que foram criadas as “condições efectivas” para “promover mais” a saúde no País.

O executivo, prosseguiu, desde cedo implementou uma série de medidas tanto do ponto de vista sanitário, visando salvar vidas e garantir a assistência total aos cabo-verdianos infectados, como também, a proteção de empresas, emprego, medidas de cariz social e o reforço das medidas de vigilância.

As medidas de política sanitária implementadas, salientou, garantiram uma “maior capacidade de organização e autonomia” do Sistema Nacional de Saúde (SNS) e capacidade efectiva de resposta à covid-19, lembrando que foram instalados seis laboratórios de testes em várias ilhas e recrutados mais médicos, enfermeiros e técnicos de saúde para garantir “maior assistência” aos infectados.

Destacou os investimentos feitos no sector da Saúde, tendo referido que 2021 foi declarado como ano da retoma de toda a dinâmica económica, “fortemente afectada” pela pandemia da covid-19, logo que a vacina fosse disponibilizada.

Segundo Joana Rosa, o MpD congratula-se com a chegada das vacinas ao País, bem como o plano de vacinação já em curso, afirmando que o que o Governo “cumpriu com a sua palavra” relativamente à promessa da chegada das vacinas ao arquipélago.

“O processo de vacinação tem decorrido sem sobressaltos e nos próximos dias a campanha de vacinação irá prosseguir, estando prevista a vacinação de 24 mil pessoas enquadradas nos grupos prioritários”, disse.

Reconheceu, por outro lado, o trabalho “articulado e a excelente colaboração” de todas as instituições e autoridades nacionais e parceiros no combate à propagação da covid-19 no País, caracterizando o Governo como de “rosto humano”, que implementou “em tempo real as medidas acertadas”, visando a recuperação das “perspectivas destruídas” pela pandemia e a retoma do turismo.

O Estado esteve e continua presente e atento à evolução desta crise, defendeu a líder da bancada parlamentar do MpD, que acrescentou que as medidas tiveram um “impacto importante” na mitigação a antecipação das consequências, que poderiam perigar a situação socioeconómica das famílias cabo-verdianas.

Disse ainda que a vacinação e imunização de todos os cabo-verdianos será “pedra basilar” no relançamento do crédito à economia, de novas modalidades de financiamento, oportunidades de negócio, da diversificação da economia e do aumento da massa monetária.

“A vacina trouxe o renovar de esperança, de um mundo melhor, uma esperança para Cabo Verde, afirmando que as acções do Governo estão a transformar Cabo Verde numa nação de esperança, no presente e no futuro e com resultados nunca alcançados a nível da proteção da saúde das pessoas”, declarou.

Por seu turno, o presidente da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID, oposição), António Monteiro, reagindo a declaração política e às declarações dos deputados do MpD sobre o silêncio por parte do PAICV e da UCID, relativamente à declaração, lembrou que todos os governantes têm uma responsabilidade “muito grande” para governar o País e que devem fazê-lo não esperando “o favor de nenhum partido e nem tão pouco bajulação” do nenhum cidadão cabo-verdiano.

“Os governos são eleitos para governarem, dar respostas às situações mais difíceis que a população possa ter e aqui não há favor nenhum, é uma obrigação, uma imposição legal e constitucional, daí que ouvindo intervenções dos dois colegas do MpD, a preocuparem com a UCID ao não intervir de imediato, devo dizer-lhes que a pressa é inimiga da perfeição e que deveriam ter esperado um bocadinho para ver se a UCID reagiria ou não a esta declaração política” afirmou.

António Monteiro disse ainda que a UCID está “em sintonia” com a população cabo-verdiana e quer que o processo de vacinação aconteça “o mais rapidamente possível” para todos e que todas as exigências sanitárias sejam cumpridas, criticando o PAICV e o MpD durante as eleições autárquicas de 2020 pelo não cumprimento das recomendações sanitárias, tendo em conta o contexto da covid-19.

Por sua vez, o líder da bancada parlamentar do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, oposição), Rui Semedo, enalteceu “o afinco e o profissionalismo” de todos os profissionais da saúde e Protecção Civil, entre outros, que estiveram na linha da frente no combate à pandemia da covid-19.

“Rendemos ainda uma homenagem aos falecidos, vítimas da covid-19 e apresentamos também a nossa manifestação de pesar e consolo às famílias. Deixamos a solidariedade para com os cabo-verdianos que passaram muitos sacrifícios durante esta pandemia”, declarou.

Quanto a chegada da vacina a Cabo Verde, lembrou que o PAICV congratula-se com esta medida, frisando, entretanto, que o plano traçado pelo Governo e publicado no Boletim Oficial para vacinar 60 por cento (%) da população até 2023 era insuficiente e pouco ambicioso e reivindicou que se conseguisse esta percentagem ainda este ano.

“O Governo não mudou o Boletim Oficial, mas corrigiu o tiro através de discursos que afinal vai se conseguir 70% este ano e nós sempre defendemos que se atingisse esta meta que é a meta tecnicamente indicada para se conseguir a imunidade do grupo”, asseverou. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project