CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

ANAS apresenta Projeto de Abastecimento de Água Potável e Saneamento de Águas Residuais na ilha de Santo Antão 09 Setembro 2019

O Hotel Santo Antão Art Resort, na Cidade do Porto Novo vai ser palco, esta segunda feira, 09, de um ateliê de apresentação e arranque oficial do Projeto de Abastecimento de Água Potável e Saneamento de Águas Residuais na ilha de Santo Antão. O ato de abertura será presidido pelo ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva. Neste evento, far-se-á ainda a apresentação do tema “Os desafios do setor da água em Cabo Verde” e, no dia 11, acontece uma visita aos vários sítios de intervenção do projeto.

ANAS apresenta Projeto de Abastecimento de Água Potável e Saneamento de Águas Residuais na ilha de Santo Antão

De acordo com a Agência Nacional de água e Saneamento (ANAS), trata-se de um projeto que irá melhorar o abastecimento de água potável e o saneamento de águas residuais na ilha das montanhas, com impactos positivos nas condições de vida da população da ilha, e com ganhos também ao nível da economia, “uma vez que serão reduzidas, de forma significativa, as perdas no sistema de distribuição de água potável”.

“No domínio do saneamento, o projeto assegurará ainda a extensão do sistema de saneamento na cidade do Porto Novo, com impactos na preservação do meio ambiente”, acrescenta a fonte.

Quanto ao nível do abastecimento de água naquele município, a ANAS garante que o projeto contempla a reabilitação da rede de distribuição de água potável da cidade, a construção de um tanque de armazenamento para 300 metros cúbicos, cerca de 3.500 ligações residenciais, o fornecimento e instalação de 21 sistemas de melhoria da qualidade da água em áreas rurais, entre outras.

Já para o saneamento, será contemplada a extensão da rede de esgotos, trezentas e cinco ligações domiciliárias à rede de esgoto, construção de duas estações elevatórias, construção e ligação à rede de energia da estação de tratamento de águas residuais por lagoas com capacidade para 400 metros cúbicos ao dia e construção de cerca de 200 fossas séticas em áreas rurais.

Intervenções no Paul e na Ribeira Grande

Mas as intervenções do projecto não ficam por aí. Ainda segundo a mesma fonte, para o Paúl, vão ser realizadas duas mil ligações domiciliares à rede de abastecimento de água, aquisição de caminhões de tratamento de água e equipamentos para a manutenção e transporte de água potável e instalações de saneamento e ainda será reabilitada a sede dos Serviços Autónomos de Água e Saneamento.

Outro Concelho a ser beneficiado com o projeto é o da Ribeira Grande, no qual vão ser reabilitados reservatórios, realização de 3.000 ligações domiciliares na Cidade e serão instalados nove sistemas de melhoria da qualidade da água.

De referir que este projeto está orçado em cerca de 10 milhões de dólares e é financiado pelo Banco Árabe para o Desenvolvimento Económico de África e pelo Governo de Cabo Verde.

Celso Lobo

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project