ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Novos preços de combustiveis: Gás butano mais caro, baixa nos restantes produtos 01 Outubro 2020

Os preços de combusitíveis em Cabo Verde sofrem, a partir de hoje, nova atualização, com o gás butano a registar um aumento na ordem dos 5,28%. Já os custos dos restantes produtos conhecem uma baixa que oscila entre os 4 e 7,60%, segundo revela a na tabela aprovada pela Agência Reguladora Multissetorial da Economia (ARME).

Novos preços de combustiveis: Gás butano mais caro, baixa nos restantes produtos

Conforme o documento a que este jornal teve acesso, o Gasóleo Normal passa a ser vendido a 74,40 Escudos cabo-verdianos/Litro, a Gasolina, a 101,50 Escudos/Litro; o Petróleo, a 59,40 Escudos/Litro; o Gasóleo Electricidade, a 59,20 Escudos/Litro; o Gasóleo Marinha, a 49,50 Escudos/Litro; o Fuel 380, a 52,30 Escudos/Litro e o Fuel 180, a 55,10 Escudos/Litro. Já, o Gás butano passa a ser vendido a granel por 117,60 Escudos/Kg, sendo que as garrafas de três quilos passam a ser vendidas a 335,00 Escudos; as de seis quilos, a 706,00 Escudos; as de 12, quilogramas, a 1.470,00 Escudos e as de 55 quilogramas, a 6.467,00 Escudos.

A ARME fundamenta que, de acordo com os dados publicados no Platts European Marketscan e LPGasWire, os preços médios dos combustíveis nos mercados internacionais, cotados em USD/ton., diminuíram durante o mês de Setembro, relativamente ao mês de Agosto, com exceção do Butano.

Precisa que durante o mês de Setembro, os preços do petróleo nos principais mercados internacionais mantiveram a tendência de descida, num mês em que o fortalecimento do dólar e as incertezas sobre a economia mundial continuam a influenciar de forma negativa as cotações da commodity. “O temor da imposição de novas medidas de confinamento, devido à subida de casos de coronavírus na Europa, continua a afetar a procura de petróleo bem como as perspetivas do mercado que continuam negativas”, anuncia a ARME, em comunicado.

Segundo a mesma fonte, a cotação do último dia útil do mês de setembro do câmbio EUR/USD, tendo como referência a BLOOMBERG (14 horas no horário de Frankfurt), evidenciou uma depreciação do euro face ao dólar dos Estados Unidos, em -2% (1,1708), comparado ao câmbio do último dia do mês de agosto.

A reguladora acrscenta que a evolução dos preços dos produtos petrolíferos no mercado internacional, aliada à depreciação do euro face ao dólar americano, determinaram os preços dos combustíveis no mercado naciona.

«Assim, no mercado interno, os preços da Gasolina, Petróleo, Gasóleo Normal, Gasóleo Eletricidade e Gasóleo Marinha diminuíram em 10%, 4,4%, 4,37%, 5,43% e 5,53% respetivamente. Os preços do de Fuelóleo 180 e Fuelóleo 380 também diminuíram em 7,60% e 7,24% respetivamente. O Butano evidenciou um aumento em cerca de 5,28%», refere a ARME.

Esta realça que, comparativamente ao período homólogo (Outubro de 2019), a variação média dos preços dos combustíveis corresponde a uma diminuição de 14%, e, relativamente à variação média ao longo do ano em curso, ela corresponde a um decréscimo de 3%.

É de saleintar que os novos valores do parâmetro CP (Custo de Aquisição do Produto) e os correspondentes preços máximos de venda ao consumidor final dos combustíveis regulados passam a vigorar de hoje, 01, até a 31 de Outubro de 2020.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project