INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Afeganistão: G7 reúne-se de urgência 24 Agosto 2021

Esta terça-feira, os líderes dos Sete — Estados Unidos, Japão, Alemanha, Reino Unido, França, Itália e Canadá — estão numa reunião extraordinária que tem como principal objetivo pedir a Joe Biden a prorrogação do prazo, 31 de agosto, para a retirada do exército dos Estados Unidos. Um pedido que é mais provável vir a ser negado no momento em que a ponte aérea já resgatou cerca de 50 mil pessoas, enquanto mais de um milhão desesperam por sair do Afeganistão onde o regime talibã voltou ao poder.

Afeganistão: G7 reúne-se de urgência

A iniciativa apoiada pelo presidente francês partiu do primeiro-ministro britânico — enquanto anfitrião da cimeira deste ano — e a extensão do prazo de retirada do Afeganistão é o seu principal objetivo.

"Se Biden estender a operação, mesmo que seja por mais um dia ou dois, isso dá-nos mais um, mais dois dias para resgatar as pessoas". Estas palavras ditas ontem (segunda-feira) pelo secretário britânico da Defesa, Ben Wallace — que criticou "o erro" do prazo de 31 de agosto acordado entre os Estados Unidos e os talibãs — mostra a importância do pedido.

A reunião extraordinária virtual ocorre apenas dez semanas após a cimeira do G7 na Cornualha que se tornou um evento especial não só por ter sido a primeira presencial em dois anos mas também porque marcou a reinauguração da ’America is Back/América está de volta’ de Joe Biden.

Reino Unido enviou 900 soldados para ajudar a retirada

Este número representa mais 50% que o número (600) inicialmente destacado para a missão de retirada.

Fontes: BBC/Le MondeSCMP/CBS.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project