DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

África: Antigo Presidente dos EUA Barack Obama Junta-se à NBA África como parceiro estratégico 28 Julho 2021

O antigo Presidente dos Estados Unidos da América (EUA), Barack Obama, irá ajudar a desenvolver os esforços da responsabilidade social da liga em todo o continente africano, incluindo programas e parcerias que apoiam uma maior igualdade de género e a inclusão económica. Nesta capacidade, Obama irá ter uma participação acionária minoritária no novo empreendimento.

África: Antigo Presidente dos EUA Barack Obama Junta-se à NBA África como parceiro estratégico

De acordo com uma nota enviada ao Asemanaonline, a NBA África realiza os negócios da liga em África, incluindo a Basketball Africa League (BAL, Liga Africana de Basquetebol [LAB]) (www.theBAL.com), a qual realizou a sua temporada inaugural em maio com 12 das principais equipas de 12 países africanos.

A NBA África está focada em expandir a presença da NBA em mercados africanos prioritários, aprofundando o envolvimento da liga com jogadores e fãs em todo o continente e em continuar o crescimento do ecossistema do basquetebol africano através de programas como o Jr. NBA, Basketball Without Borders (BWB) Africa e NBA Academy Africa. Adicionalmente, a NBA África lançou diversas iniciativas (https://on.nba.com/2UMLuCp) de responsabilidade social como objetivo de melhorar a subsistência de jovens e de famílias africanas.

“A NBA foi sempre uma ótima embaixadora dos Estados Unidos – usando o jogo para criar ligações mais profundas em todo o mundo e, em África, o basquetebol tem o poder de promover oportunidade, bem estar, igualdade e empoderamento em todo o continente,” disse o Ex Presidente Barack Obama, acrescentando que ao investir em comunidades, promover a igualdade de género e cultivar o amor pelo basquetebol, acredita que a NBA África pode fazer a diferença nas vidas de muitos jovens africanos.

"Fiquei impressionado com o compromisso da liga para com África, incluindo a liderança demonstrada por muitos jogadores africanos que querem dar de volta aos seus próprios países e comunidades. É por isso que estou orgulhoso em me juntar à equipa da NBA África e anseio por uma parceria que beneficia a juventude de tantos países”, realça.

“Sentimo-nos honrados com o facto de o Presidente Obama se ter tornado um parceiro estratégico da NBA África e vamos apoiar os nossos esforços abrangentes para que o basquetebol cresça no continente,” disse o Comissário da NBA Adam Silver. “Em adição ao seu bem documentado amor pelo basquetebol, o Presidente Obama acredita "firmemente" no potencial de África e nas "enormes oportunidades de crescimento" que existem através do desporto. A NBA África irá beneficiar enormemente com o seu envolvimento”, acrescenta.

“Temos planos de crescimento ambiciosos para a NBA África e o facto de o Presidente Obama se unir aos nossos esforços é um reconhecimento de que, através do desporto, África pode ocupar o seu devido lugar no palco mundial,” disse o CEO da NBA África Victor Williams. “Ansiamos por trabalhar com o Presidente Obama e com os nossos investidores estratégicos para usar o basquetebol como um motor de crescimento económico em todo o continente e como uma plataforma para melhorar a saúde e o bem-estar de uma das populações mais jovens e em rápido crescimento do mundo.”, ressalta a mesma fonte, em comunicado.

De realçar que os investidores estratégicos na NBA África incluem um consórcio liderado por Babatunde “Tunde” Folawiyo, Presidente e CEO do Yinka Folawiyo Group e pela Helios Fairfax Partners Corporation (HFP), liderada pelo coCEO Tope Lawani. Os investidores adicionais da NBA África incluem as lendas da NBA Junior Bridgeman, Luol Deng (Sudão do Sul), Grant Hill, Ian Mahinmi (França; laços com o Benim), Dikembe Mutombo (República Democrática do Congo) e Joakim Noah (laços com os Camarões).

A NBA tem uma história de longas décadas em África e abriu, em 2010, a sua sede africana em Joanesburgo. Desde então que os esforços da liga no continente se focaram em aumentar o acesso ao basquetebol e à NBA, através da responsabilidade social, do desenvolvimento local e de elite, distribuição de meios, parcerias corporativas, Jogos NBA de África, o lançamento da LAB e mais.

"A temporada inaugural da LAB foi transmitida aos fãs em 215 países e territórios em 15 idiomas. No domingo, 30 de maio, o Zamalek (Egito) derrotou o US Monastir (Tunísia) com 76-63 pontos para ganhar o primeiro campeonato LAB. Os fãs podem seguir em @NBA_Africa e @theBAL.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project