INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

África do Sul: Zuma na prisão, apoiantes na rua e ’social media’, reinam violência e pilhagens 15 Julho 2021

Jacob Gedleyihlekisa Zuma, de 79 anos, que presidiu ao país durante nove anos (2009-2018) está preso e enquanto metade dos sul-africanos está contente a outra metade não — e é dessa tranche que (parece) saem os que desde a semana passada semeiam a tempestade na república austral da curva atlântico-índica.

África do Sul: Zuma na prisão, apoiantes na rua e ’social media’, reinam violência e pilhagens

A prisão do líder carismático e polémico é, segundo politólogos e analistas económicos, a gota que fez transbordar a cólera dos vitimados (entre eles c.33% de desempregados) pelo contexto económico e social. Visível sobretudo na província de Kwazulu-Natal e Gauteng, que abrange as duas cidades principais, Joanesburgo /Johannesburg e Pretória, que são o epicentro deste turbilhão alimentado também pela pandemia de coronavírus.

A reportagem da AFP dá conta do caos esta quarta-feira, 14, uma semana depois de "Zuma entregar-se à prisão para cumprir 15 meses" de pena. "Filas compactas em frente às estações de serviço, na periferia de Joanesburgo e Durban". A refinaria petrolífera tinha anunciado ontem o fecho da unidade fabril no Kwazulu-Natal.

A justificação para o fecho da empresa que fornece um terço do combustível do país foi um lacónico "por força maior", como denunciou o presidente da ANA-Associação Nacional de Automobilistas descontente com o fecho de parte de estações-serviço e o racionamento noutras.

Os supermercados pilhados fizeram com que a população corresse para os estabelecimentos. Resultado: caos e longas filas.


Zuma desobediente ao "tribunal"

Sucessor de Mandela após Thabo Mbeki, Zuma tem recusado comparecer perante o "tribunal", de facto uma comissão anti-corrupção cuja competência o ex-presidente contesta.

A comissão anti-corrupção foi criada em 2018 para expressamente inquirir sobre os escândalos de corrupção de que Zuma é suspeito. Em três anos, a instância já ouviu mais de quarenta pessoas que têm vindo a testemunhar contra o ex-presidente.

O advogado de Zuma — que agora está preso depois de passar uma semana a recusar cumprir a ordem de prisão emitida dia 29 — prepara-se para solicitar a libertação do seu constituinte, justificando-a pela idade avançada e o risco de contrair a Covid.

Contudo ambos os argumentos foram rejeitados a 2 deste mês. Será que o segundo apelo irá comover os juízes e levar à libertação do ícone que ganhou esse estatuto em parte por ter "partilhado a cela" durante dez anos com o mais famoso prisoneiro de Robben Island, Nelson Mandela?

Filha estará a incentivar violência?

Os media ocidentais, designadamente o New York Times, indicam que Dudu Zuma-Sambudla tem dirigido mensagens de incentivos aos apoiantes do pai.

Em mensagens no Twitter...como a pilhagem no domingo de um complexo comercial ....
— -

Fontes: BBC/AP/CNBC/L’Express/Outras referidas. Relacionado: África do Sul: Zuma entrega-se à prisão — Vai cumprir 15 meses "por desrespeitar tribunal", 08.jul.021.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project