INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Albânia: Luto pelo 6º presidente atingido por doença agravada por Covid aos 55 anos 29 Maio 2022

A Presidência da República Albanesa anunciou que faleceu, este sbado, na Alemanha o anterior chefe de Estado Bujar Nishani (foto), que presidiu o país entre 2012 e 2017. O sexto presidente da era pós-soviética tinha-se deslocado há um mês para procurar tratamento para "uma grave doença hepática" em resultado de complicações com a Covid-19.

Albânia: Luto pelo 6º presidente atingido por doença agravada por Covid  aos 55 anos

A sua formação na academia militar permitiu a Bujar Nishani entrar para o quadro do Ministério da Defesa em 1988. Três anos depois, com a mudança, tornou-se membro do Partido Democrático.

Desde 1991, com o desmantelamento da URSS, foi galgando as etapas na novel formação partidária até chegar a presidente em 2002. Em paralelo, prosseguia estudos e licenciou-se em direito em 2004 e fez um mestrado em segurança nos Estados Unidos em 2006.

Entre 2007 e 2012 foi escolhido como ministro de diversas pastas: Justiça, Interior, da Defesa Nacional. Em junho de 2012 o parlamento elegeu-o Presidente da República da Albânia.

Covid-19

A Albânia, país vizinho da Itália no Mar Adriático, regista hoje, segundo o Worldometers, 34 novos casos de Covid. Totaliza 276.048 infeções e 3.497 óbitos , numa população de 2.871.851 habitantes (-0,11% que em 2021, a acompanhar um crescimento negativo nos últimos 20 anos).
— -
Fontes: Albanian Daily News.com/bne.eu/. Foto: O presidente mais jovem da Albânia é também o que morreu mais jovem. Sobrevivem-lhe seis, de entre os sete presidentes desde 1991: Ramiz Alia (1925–2011), Beri Berisha, Rexhep Meidani, Alfred Moisiu, Bamir Topi, Bujar Nishani e Ilir Meta.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project