POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Alberto Mello disponível para liderar Comissão Política do MpD na concelhia da Praia 12 Novembro 2020

O ainda presidente da assembleia municipal da Praia, Alberto Mello (Beta), está disponível para liderar a Comissão Política do Movimento para a Democracia (MPD) na Concelhia da Praia, cujas eleições estão marcadas para 13 de Dezembro próximo.

Alberto Mello disponível para liderar Comissão Política do MpD na concelhia da Praia

“Estou disponível para ajudar o partido a ultrapassar este momento difícil, decorrente da derrota eleitoral sofrida a 25 de Outubro, que nos retirou a liderança da câmara municipal da capital e de todos os municípios da região de Santiago Sul”, escreveu, segundo a Inforpress, Alberto Mello na página oficial da sua candidatura na rede social Facebook.

Beta prosseguiu referindo que, sem prejuízo de uma reflexão mais cuidada, é evidente que o partido sofreu uma “pesada derrota” no concelho e na região, pelo que “importa tudo fazer para obstar a que esta se transfira para as próximas eleições legislativas”.

“Antes de mais, é necessário congregar a militância e os apoiantes do MpD na Cidade da Praia, já que uma das razões substantivas para a perda da autarquia foi o estado de abandono a que os militantes e amigos do partido têm sido votados nos últimos anos”, acrescentou.

Para este candidato, importa colocar as bases no centro de toda a actividade partidária, dando-lhes espaço e voz e tornando-as determinantes para um novo processo agregador de vontades e objectivos, o que, disse, “só é possível com uma direcção credível e que transmita confiança”.

“É necessário, também, reactivar todos os núcleos de militantes e apoiantes, bairro a bairro, promovendo reuniões periódicas e estimulando a execução de relatórios de actividade, ao mesmo tempo que se deverá criar uma correia de transmissão entre as expectativas populares e a direcção do partido”, defendeu.

Paralelamente, Beta defende um processo de refiliação e organização da militância, propondo que importa iniciar uma reflexão profunda sobre os caminhos que o MpD tem vindo a seguir, identificando as razões que levaram à sua estagnação na capital e ao afastamento da sua base de apoio, como aliás, “é perceptível pela consulta dos resultados eleitorais”.

“Organizar e reflectir são condições centrais para que o partido possa vivenciar um novo fôlego e estar à altura das suas responsabilidades, constituindo-se força e energia enquanto ativo fundamental para as eleições legislativas do próximo ano”, argumentou.

Segundo ainda a Inforpress, Alberto Mello disse também que o agir significa intervir politica e ativamente na Cidade da Praia, bairro a bairro, e assumindo bandeiras centrais das ambições populares, inscrevendo-as na nossa plataforma política para a região de Santiago Sul.

“Um partido organizado, audaz e irreverente é aquilo que queremos construir na capital do país, correspondendo aos anseios do eleitorado, para vencer as próximas eleições e, mais adiante, retomar a liderança da Câmara Municipal da Praia. Está ao nosso alcance, é preciso meter mãos à obra!”, finalizou.

Arquitecto de profissão, Alberto Mello já desempenhou funções de vereador nos dois mandatos de Ulisses Correia e Silva à frente da Câmara Municipal da Praia (2008/2012 – 2012/2016). Em 2016 na sondagem interna do partido para a escolha do candidato para a Câmara Municipal da Praia foi o mais votado, mas a direcção do partido optou por Óscar Santos, que foi derrotado como Edil nas auárquicas de 25 de outubro depois de cumprir um mandato e ter concluido um outro do ex-Presidente da Câmara Ulisses Correia e Silva.

Beta foi em 2016 candidato vencedor para presidente da assembleia municipal, mas não se recandidatou nas últimas eleições muncipais de 25 de Outubro deste ano.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project