AUTÁRQUICAS 2020

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Santa Catarina/Fogo: Alberto Nunes aposta em transformar o concelho numa referência nacional, Eugénio Veiga promete criar residência de estudantes na Praia 17 Outubro 2020

A campanha eleitoral entrou na segunda e última semana no município de Santa Catarina com um prognóstico reservado. Para observadores locais, poderá ocorrer surpresa na noite eleitoral de 25 de outubro, já que ambas as candidaturas - de Alberto Nunes (MpD) que está à procura de um segundo mandato e a de Eugénio Veiga (PAICV) que quer reconquistar Santa Catarina - têm mobilizado apoiantes em todas as localidades.

Santa Catarina/Fogo: Alberto Nunes aposta em transformar o concelho numa referência nacional, Eugénio Veiga promete criar residência de estudantes na Praia

Segundo analisa o concorrente Eugênio Veiga, a vinda de membros do Governo ( primeiro Olavo Correia, depois Fernando Elísio e agora Ulisses Correia e Silva ao Fogo) evidência a revolta eleitoral no concelho, porque a avaliação do desempenho da câmara é negativa e a do Governo é “miserabilíssima”. Tudo, conforme ele, «resultante da governação intransparente para famílias, empresas próximas e amigos, muitas vezes à margem da lei».

Numa jogada de mestre que pode render votos, Eugénio Veiga prometeu, esta semana, criar uma residência estudantil na Cidade da Praia para acolher estudantes de Santa Catarina, bem como uma outra da ilha do Fogo para todos os alunos que frequentam instituições de ensino superior na capital do país. A medida é para reduzir as despesas com os elevados custos do ensino na Praia e garantir alguma segurança aos estudantes na mesma cidade. O candidato tambarina à Câmara de Santa Catarina prometeu ainda garantir transporte gratuito para os alunos do município que estudam noutras localidades, nomeadamente na cidade de São Filipe.

Para a parte sul do município onde ainda há pobreza extrema, Eugénio Veiga propõe aumentar a exploração da área de regadio e apostar na dessalinização de água para a zona baixa. Tudo com o fito de garantir mais rendimentos às familiais e uma “vida digna” a todas as pessoas de Santa Catarina.

Por sua vez, Alberto Nunes, que concorre à sua própria sucessão na câmara de Santa Catarina, quer fazer deste território municipal, agora um dos mais pobres de Cabo Verde, numa referência nacional e internacional. A pensar nisso, o candidato do MpD propõe dar continuidade aos investimentos promovidos nos últimos quatro anos pela Câmara e pelo Governo, com destaque para a estrada de Cova Tina/Bangaeira/Piorno/Campanas de Cima.

Nunes anunciou ainda implementar a iluminação do estádio de Monte Pelado e a construção de mais bancadas, a reabilitação de placas desportivas, a aquisição de equipamentos de qualidade. Vai proceder à eletrificação e ligação domiciliária de água em Chã das Caldeiras, cujo financiamento está garantido. Isto sem contar com a requalificação da cidade de Cova Figueira e a construção de ruas pedonais que estão também financiadas.

Na cidade de Cova Figueira, além de praças e pracetas, a candidatura de Alberto Nunes planeia construir três ruas alternativas e passeios pedonais.. Por tudo isso, pede aos eleitores de Santa Catarina um voto de confiança na sua equipa à Câmara e Assembleia municipais nas eleições de 25 deste mês.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project