ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Aldeias Infantis SOS Cabo Verde propõem criar fundo de solidariedade para proteção das crianças 19 Abril 2022

As Aldeias Infantis SOS Cabo Verde propõem criar um fundo de solidariedade para a proteção das crianças, visando financiar as ações das organizações da sociedade civil que trabalham focalizadas na protecção e promoção dos direitos das crianças.

Aldeias Infantis SOS Cabo Verde propõem criar fundo de solidariedade para proteção das crianças

Em declarações à Inforpress, o diretor nacional, Dionísio Pereira, explicou que a proposta consta do Plano de Ação do Acordo de Cooperação entre as Aldeias Infantis SOS Cabo Verde e a Assembleia Nacional, que vai ser assinado esta terça-feira, à margem da visita que o presidente da casa parlamentar efetua à instituição.

Para este responsável, trata-se de um assunto pertinente e que poderá contribuir para o financiamento das ações das organizações da sociedade civil que trabalham focalizadas na proteção e promoção dos direitos das crianças, sendo que em muitas circunstâncias se tem alegado a falta de meios financeiros para fazer valer os direitos das crianças.

Consta ainda deste acordo a campanha de responsabilização parental que a Aldeia SOS pretende levar a cabo a nível nacional, tendo em conta que muitos progenitores não estão a assumir as suas responsabilidades e do ponto de vista legal existem algumas insuficiências que precisam ser colmatadas.

Dionísio Pereira disse ainda que as declarações e recomendações saídas do Parlamento Infanto-Juvenil não são levadas em contas, situação essa que no seu entender é “uma total desconsideração” pelas vozes das crianças e dos adolescentes.

“Nós queremos que a Assembleia Nacional seja o nosso parceiro na monitorização dos compromissos assumidos pelas instituições e poderem ser convocados para prestação de contas”, referiu.

Por outro lado, a instituição quer que a Assembleia Nacional, em conjunto com outros parceiros, assuma a co-organização do evento deste ano e que tenham uma participação mais detalhada na programação, por forma a avançar com o mecanismo de monitorização das recomendações e conclusões.

Na ocasião, acrescentou que a instituição que dirige quer ainda constituir uma boa aliança com a casa parlamentar, visando a revisão do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), sendo que é um assunto muito defendido pela sociedade civil.

Dionísio Pereira afirmou ainda que a Assembleia Nacional é um parceiro de longa data das Aldeias SOS Cabo Verde e que os temas são do entendimento das partes e da agenda colaborativa para desenvolvimento de acções de concertação e de definição de estratégias de actuação.

Austelino Correia irá visitar a direcção nacional em São Filipe e a Aldeia Infantil de São Domingos.

A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project