SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Aldeias Infantis SOS promovem campanha para sensibilizar apadrinhamento das crianças e responsabilização parental 30 Dezembro 2022

As Aldeias Infantis SOS promovem campanha época natalícia com o intuito de sensibilizar as pessoas para o apadrinhamento de uma criança e responsabilização parental, através de passeata na rua com cartazes que contêm mensagem alusiva à campanha.

Aldeias Infantis SOS promovem campanha para sensibilizar apadrinhamento das crianças e responsabilização parental

Em entrevista à Inforpress, a directora para o Desenvolvimento de Fundo e Comunicação das Aldeias Infantis SOS Cabo Verde disse que através da campanha de sensibilização das pessoas para o apadrinhamento de uma criança conseguiram mobilizar cerca de 39 padrinhos que aceitaram contribuir e ajudar com um valor regular para as causas das crianças das aldeias SOS.

E em relação à campanha da responsabilização parental, Indira Mascarenhas assegurou que o obectivo da realização desta campanha é no sentido de sensibilizar os pais a cuidarem mais dos seus filhos.

A nível dos parceiros, a mesma fonte adiantou que têm estado a receber apoios tanto a nível nacional como internacional, mas com o impacto da covid-19 no País e no mundo as aldeias foram afectadas sobretudo pela ajuda por parte dos parceiros.

“Por causa da covid-19 que teve impacto directo tanto a nível do país e de parceiros internacionais e também nas actividades das empresas, mas com a retoma este ano houve uma melhoria a nível do apoio por parte das organizações e de pessoas individuais”, acrescentou.

A madrinha de honra desta campanha é a primeira dama de Cabo Verde, Débora Katisa, que participa através de um vídeo apelando às pessoas a também serem padrinhos.

A campanha iniciou-se a partir de 01 de Novembro e vai decorrer até 31 do corrente, no âmbito da época natalícia.

A Aldeia Infantil SOS foi fundada em 1949, com a missão de dar um lar de amor a cada criança. Está presente em 136 países e tem em seus cuidados cerca de 65.000 crianças e jovens.

Em Cabo Verde, a organização apoia directamente cerca de 170 crianças, através dos seus programas de cuidados intensivos nas Aldeias de Assomada e São Domingos, e nas Casas de Acolhimento nas comunidades de Santa Cruz e Tarrafal. Através do Centro Social em Mindelo que atende cerca de 509 crianças através do programa de reforço familiar.

A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project