INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Alemanha: Impedem de votar eleitora com lenço islâmico ’hijab’ 28 Setembro 2021

A eleitora de 21 anos que se apresentou de ’hijab’ e máscara anti-Covid foi impedida de votar, sob a alegação de que estava "tapada" de tal modo que era "impossível identificá-la". Os membros da secção de voto na vila de Bergheim, na região ocidental alemã tiveram de retractar-se e deixá-la votar depois que a comissão eleitoral lhes fez reprimenda sobre o seu erro de interpretação: a lei que proíbe o ’niqab e a burqa, por impedirem a identificação, permite o ’hijab’ que deixa o rosto à vista.

Alemanha: Impedem de votar eleitora com lenço islâmico ’hijab’

O lenço islâmico ’hijab’ (foto inserida), muitas vezes usado como símbolo de fé, não tem sido tema habitual na agenda política alemã. Mas o vídeo do incidente divulgado na internet fez reagir muitos, que consideraram tratar-se de um "ato racista", "islamófobo".

Difícil é não ver a relação entre essa islamofobia e o discurso da extrema-direita. Como o da AfD, recém-chegada ao Bundestag (parlamento) que está a emular a extrema-direita francesa. Recorde-se que os discursos da Marine Le Pen têm a tecla frequente que é o lenço islâmico. Para a presidencial 2002, ela promete: "Vamos proibir o ’hijab’ em todo o espaço público".

A AfD, Aliança para a Alemanha, tal como outros partidos da extrema-direita europeia, admiram a francesa Marine Le Pen: veem nela a promessa de uma Europa mais nacionalista, se em 2022 se ela superar o que as sondagens mostram ser o atual empate com Emmanuel Macron na próxima presidencial.

Marine Le Pen foi a Lisboa, nas vésperas da eleição presidencial de 24 de janeiro, para dar força ao candidato da extrema-direita de Portugal (’Chega’). Em outubro, na reunião da extrema-direita europeia, em Paris, a líder do RN/FN deu os parabéns ao português por ter entrado no parlamento embora censurando-o por não falar francês.

Fontes: AFP/Europe24/. Relacionado: França 2022: Le Pen a crescer propõe combater ’islão radical’ — "Vamos proibir o ’hijab’ em todo o espaço público", 08.fev.021; Casal iraniano condenado a 16 anos de prisão — Crimes: ele é feminista, ela está no Instagram sem véu, 22.mai.021. Fotos (DW/AFP): .

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project