REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Alemanha: Manifestações pró e anti-estrangeiros em Chemnitz 02 Setembro 2018

Aproximadamente 4500 alemães participaram, neste sábado, numa marcha da extrema-direita em Chemnitz, Alemanha.

Alemanha: Manifestações pró e anti-estrangeiros em Chemnitz

Mas, segundo a imprensa local citada pelo Euronews, a marcha acabou por ser interrompida após uma hora quando uma contramanifestação da esquerda bloqueou a estrada.

Durante os protestos, extremistas dos dois campos tentaram afastar-se, romper as linhas da polícia e entrar em confronto direto.

Consta que a marcha tinha sido organizada pelo partido de extrema-direita Alternativa para a Alemanha (AfD) e o movimento xenófobo Patriotas Europeus Contra a Islamização do Oeste (PEGIDA).

Segundo fontes deste jornal, mais de 1.200 policias vigiaram as manifestações para evitar incidentes como os que aconteceram durante a semana.

A maior das manifestações da esquerda reuniu aproximadamente 4 mil pessoas e foi preparada por uma aliança de 70 organizações sob o slogan "coração em vez de ódio" à qual se juntaram políticos do Partido Social Democrata (SPD), Verdes e A Esquerda.

“Levamos a sério a mensagem do Dia Mundial da Paz, o começo da Segunda Guerra Mundial, 79 anos atrás. Ninguém que viva aqui pode dizer que não sabe onde o radicalismo de direita, onde o nacional-socialismo nos podem levar,”declarou a Presidente da Câmara de Chemnitz, Barbara Ludwig (SPD).

Em Chemnitz, as profundas divisões sobre a decisão de Angela Merkel de receber requerentes de asilo foram inflamadas desde o assassinato de um alemão de origem cubana, supostamente por dois emigrantes, no domingo da semana passada.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project