ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Alex Saab passa para prisão domiciliar no Sul do Sal esta segunda-feira 25 Janeiro 2021

A novela Alex Saab conhece mais um novo capítulo, com o anuncio da transferência, esta segunda-feira, do suposto Enviado Especial e Embaixador da Venezuela da cadeia civil de Terra Boa do Sal, em Cabo Verde, para a prisão domiciliar num espaço que fica a sul da mesma ilha, cujo local não foi ainda revelado pelas autoridades nacionais, talvez por razões de segurança.

Alex Saab passa para prisão domiciliar no Sul do Sal esta segunda-feira

Segundo a RCV que cita fontes oficiais, a transferência da prisão preventiva para a prisão domiciliar de Alex Saab vai acontecer esta segunda-feira,25, já que estão criadas as condições para tal, com a emissão da ordem de soltura pela Tribunal de Relação de Barlavento - as autoridades já dispõem de um espaço para alojar Saab no Sul do Sal, cujo local não foi divulgado talvez por razões de segurança.

Entretanto, em comunicado remetido ao Asemanaonline, a defesa do alegado testa-de-ferro do presidente Nocolás Maduro denuncia que, mesmo que na quinta-feira, 21, o Tribunal da Relação de Barlavento ter concedido a prisão domiciliária ao Alex Saab, não foi oficialmente notificada da ordem do tribunal. «Cinicamente, isto fará com que o Embaixador Saab permaneça sob custódia pelo menos até segunda-feira, dado que ontem (22 de Janeiro, Dia de São Vicente) é feriado municipal. Tudo isto continua a tortura psicológica do Embaixador Saab. A equipa jurídica contactou o Oficial de Justiça do Tribunal da Relação de Barlavento e a Procuradoria-Geral e ambos confirmaram que todas as autoridades relevantes foram notificadas na quinta-feira, 21, deixando um mistério sobre a razão pela qual a polícia de Sal nada sabe», realça o comunicado que vimos citando.

Segundo alerta a defesa, esta não é a primeira vez que o Enviado Especial é vítima destas supostas irregularidades no sistema judicial cabo-verdiano, que, nesta ocasião, parece estar deliberadamente a tentar sabotar o Tribunal da CEDEAO, presumivelmente, como resultado da pressão dos Estados Unidos da América.

Diante de tudo isto, equipa jurídica avisa que já solicitou a intervenção dos Chefes de Estado da CEDEAO para responsabilizar Cabo Verde sobre o incumprimento do acórdão vinculativo do Tribunal da CEDEAO. «A equipa jurídica solicita a intervenção direta dos Chefes de Estado da CEDEAO para responsabilizar Cabo Verde pelo seu contínuo incumprimento do acórdão vinculativo de 2 de dezembro de 2020 emitida pela CEDEAO, que destrói deliberadamente as fundações da Comunidade e do Tribunal da CEDEAO», conclui a defesa.

Recorde - se que, depois de ter cumprido uns dias na cadeia central de São Vicente, Alex Saab voltou à cadeia civil de Terra Boa do Sal desde julho deste ano, quando, por ordem de Interpol, foi preso ao fazer uma escala no Aeroporto Internacional Amilcar Cabral para abastecer a avioneta em que seguia em viagem internacional.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project