INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Alexei Navalny "sofreu envenenamento", diz governo da Alemanha onde está hospitalizado 25 Agosto 2020

Os exames clínicos necessários mostram que o opositor de Putin vai precisar de "proteção pessoal", anunciou esta segunda-feira, 24, o governo da senhora Merkel. No sábado, Navalny em estado de coma — causado por possível envenenamento — deu entrada no principal hospital da capital alemã.

Alexei Navalny

O corpo médico do hospital Charité [Caridade], em Berlim, indica com base nos exames realizados desde sábado que é provável que tenha ocorrido envenenamento, apesar de que o hospital central de Omsk apresentou um diagnóstico contrário.

O possível atentado à vida de Alexei Navalny, que espera levar o seu Partido da Rússia do Futuro a concorrer nas eleições gerais de 2021, ocorre no momento em que o rival de Putin estava a apoiar — através da sua plataforma que conta dezenas de milhões de seguidores — os oponentes do regime nas eleições regionais do próximo mês.

Doença súbita

A súbita doença do mais forte opositor do regime acontece no momento em que Navalny — cujos vídeos na internet obtêm centenas de milhões de visualizações — voltou à carga para derrubar o partido de Putin nas próximas eleições regionais deste outono. Daí, os seus próximos apontarem suspeitas de envenenamento, tido como um modus operandi presente em mortes de vários oponentes do regime russo. O próprio Navalny foi várias vezes alvo de ataques contra a sua integridade física, um dos quais lhe afetou a visão dum olho.

"As análises clínicas desmentem que se trate de envenenamento. Tudo aponta para um desequilíbrio glucídico [queda do nível de açúcar no sangue]", anunciou na sexta-feira Anatoly Kalinichenko, diretor do hospital na remota região da Sibéria.

Na véspera, Navalny tinha dado entrada no hospital após ter viajado de avião no percurso Moscovo-Omsk. A sua porta-voz, Kira Yarmysh, que o acompanhava na viagem, atribui a súbita doença a um chá, que segundo ela especula conteria veneno.

As manifestações de apoio a Navalny, desde quinta-feira, vêm da sociedade civil e dos opositores ao presidente há 20 anos no poder. O líder da oposição tem sido impedido de concorrer nos diversos atos eleitorais, mas tem angariado o apoio dos demais deputados da oposição — que cresceu e em setembro último elegeu vinte dos quarenta e cinco deputados.
— -
Fontes: DW/BBC/ Le Monde/Reuters. Relacionado: Alexei Navalny em coma já está a ser tratado na Alemanha, 22.ago.020; Rússia: Vitória magra da Rússia Unida, de Putin, amargada com 20 deputados da oposição — Prontos a juntar voz ao banido Navalny, 10.set.019; Rússia: Médicos recusam transferir opositor nº1 de Putin em estado de coma, 21.ago.020. Fotos (AFP/Reuters): Putin. Navalny. Alexei Navalny deu entrada no hospital Charité [Caridade] de Berlim, no sábado depois de um braço de ferro da esposa e apoiantes contra as autoridades russas que recusavam a transferência.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project