MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Ambientalista West Mathewson faleceu após ser atacado por duas leoas que criou 28 Agosto 2020

O sul-africano Mathewson, dono duma reserva de conservação da natureza no Limpopo, na fronteira com Moçambique, morreu ontem (4ªfª, 26) quando duas leoas com que passeava o atacaram. Duma espécie em extinção, tinha-as resgatado para não serem vítimas do lucrativo turismo do safari ’caça selvagem’.

Ambientalista West Mathewson faleceu após ser atacado por duas leoas que criou

A esposa do conservacionista explicou à BBC que ela seguia no carro, quando se apercebeu que os dois felinos tinham de súbito começado uma luta.

O "West tentou apartá-las e as duas viraram-se contra ele". Ainda tentei distrair as leoas, mas tarde de mais".

O falecido era famoso entre os ambientalistas pelo seu trabalho no resgate de animais vítimas de "caça selvagem".

"Caça selvagem"

É uma prática controversa: os animais ainda filhotes são levados para uma área e ali são mantidos até à idade própria para se tornarem objeto de caça em safaris de custos astronómicos.

Recorde-se que em 2013 o rei Juan Carlos de Espanha foi "apanhado" num desses safaris — co-organizado por Corinna Larsen — e que o escândalo contribuiu para a sua abdicação em 2014.

Fontes: Referida. Arquivo.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project