LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Angola: Embaixador Georges Chikoti eleito SG dos 79 países ACP 10 Dezembro 2019

O embaixador de Angola na Bélgica, Georges Chikoti, vai assumir funções como secretário-geral do ACP-África, Caraíbas e Pacífico em março de 2020. Será a primeira vez que um angolano ascende a uma posição de destaque no Grupo ACP, que congrega 75 países.

Angola: Embaixador Georges Chikoti eleito SG dos 79 países ACP

O embaixador de Angola no Reino da Bélgica, Georges Rebelo Chikoti — que em 23 de maio de 2018 procedeu à entrega ao Rei Philippe das cartas credenciais — candidatou-se este ano à liderança do ACP como representante da Região Austral (a azul no mapa). Aliás, Chikoti exerce desde 2017 a vice-presidência da troika que gere a Comunidade de Desenvolvimento da África Austral.

O candidato procurou em primeiro lugar assegurar o apoio dos países da região que integra Angola e depois partiu num périplo por outras regiões. São setenta e nove os países que constituem o grupo ACP, formado em 1975 em Lomé e revisto em 2000. Na África: Angola, África do Sul, Benim, Botswana, Burkina-Faso, Burundi, Cabo Verde, Camarões, Chade, Comores, República do Congo, Costa do Marfim, Djibouti, Guiné Equatorial, Eritreia, Etiópia, Gabão, Gâmbia, Gana, Guiné-Conacri, Guiné-Bissau, Lesoto, Libéria, Madagáscar, Malauí, Mali, Maurícia, Mauritânia, Moçambique, Namíbia, Níger, Nigéria, Quénia, República Centro-Africana, República Democrática do Congo, Ruanda, São Tomé e Príncipe, Senegal, Serra Leoa, Seicheles, Somália, Suazilândia, Sudão, Tanzânia, Togo, Uganda, Zâmbia, Zimbabué; Caraíbas: Antígua e Barbuda, Bahamas, Barbados, Belize, Cuba, Dominica, Granada, Guiana, Haiti, Jamaica, República Dominicana, Santa Lúcia, São Cristóvão e Névis, São Vicente e Granadinas, Suriname, Trinidad e Tobago; Pacífico: Estados Federados da Micronésia, Fidji, Ilhas Cook, Ilhas Marshall, Ilhas Salomão, Kiribati, Nauru, Niue, Palau, Papua-Nova Guiné, Samoa, Timor-Leste, Tonga, Tuvalu e Vanuatu.

O Grupo ACP tem por missão a cooperação entre a União Europeia e os Estados da África, Caraíbas e Pacífico, como delineado no Acordo de Cotonou. Este tratado assinado em 2000 — e do qual se afastou Cuba, um dos países mais ativos na consecução da Convenção de Lomé de 1975 — é considerado o tratado de cooperação mais completo entre a UE e os países em vias de desenvolvimento.
— -
Fontes: Angop/Jornal de Angola/Site ACP.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project