LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Angola: FAA e Polícia Nacional passam a consumir produtos nacionais 18 Outubro 2019

O Presidente da República de Angola, João Lourenço, abriu um parêntesis durante o seu discurso à nação, para dizer que as Forças Armadas (FAA) e a Polícia Nacional (PN) Angolanas vão passar a privilegiar os produtores nacionais na aquisição de bens e serviços. Ou seja, estes dois órgãos de defesa e segurança vão passar a importar menos para consumir essencialmente produtos nacionais.

Angola: FAA e Polícia Nacional passam a consumir produtos nacionais

João Lourenço disse que a medida se enquadra no processo de reestruturação do Ministério da Defesa Nacional e de redimensionamento das Forças Armadas Angolanas, na base de um diagnóstico já efetuado, com vista à optimização do quadro de pessoal e do efectivo das FAA e ao reforço do seu sistema de segurança social.

“Decorrem acções para a implementação de indústrias de defesa direcionadas à auto-suficiência das FAA em fardamento, calçado, equipamentos e materiais de aquartelamento, da manutenção e reparação dos meios e da técnica. Está também em curso um programa de criação de infraestruturas e aquisição de meios de vigilância e segurança marítima”, adiantou ao Jornal Vanguarda, acrescentando que foram incorporados na Polícia Nacional 2.581 desmobilizados das FAA e 1.194 admitidos, no âmbito do concurso público realizado, o que garante um crescimento de 6% dos efectivos.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project