LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Angola. Líder do MPLA está a trabalhar para baixar preço da cesta básica 11 Agosto 2021

O líder do Movimento Popular para a Libertação de Angola (MPLA) e Presidente da República, João Lourenço, garante trabalhar arduamente para atender o apelo da população para a redução dos preços dos produtos da cesta básica, informou, sábado, o primeiro secretário do Comité Provincial de Luanda, Bento Bento.

Angola. Líder do MPLA está a trabalhar para baixar preço da cesta básica

Conforme o Jornal de Angola (JA), o político realizou visitas de constatação, nos últimos três meses, em sete Distritos Urbanos da Província de Luanda, nomeadamente, Sambizanga, Rangel, Maianga, Ingombota, Samba, Neves Bendinha e Ngola Kiluanje, onde auscultou as bases e ouviu as principais preocupações da sociedade civil.

Segundo Bento Bento, o que preocupa mais os munícipes é a subida excessiva do preço da cesta básica, a escassez de água potável em algumas zonas e a criminalidade, que aumentou nos últimos tempos.

Após esse levantamento, Bento Bento disse que transmitiu o apelo dos cidadãos ao líder do partido, que garantiu que, não obstante as condições financeiras que o país atravessa, vai trabalhar arduamente para atender o apelo da população, sobretudo para baixar os preços dos produtos da cesta básica.

"A população pede que o Executivo preste mais atenção ao preço dos produtos e que os mesmos baixem mais", disse. Em relação à criminalidade, Bento Bento garantiu que apresentou também esta preocupação ao Titular do Poder Executivo, que orientou o Ministério do Interior a incluir, no seu plano de acção, mais recrutamento de pessoal, de forma a ter mais agentes disponíveis, capazes e treinados para combater o fenómeno, conforme a nossa fonte.

Água para todos

Em relação ao problema da água potável, Bento Bento garantiu que a resposta do Executivo foi imediata por ser urgente e que as diligências estão a ser cumpridas, não obstante as dificuldades que a EPAL tem. Segundo Bento Bento, por orientação do Presidente da República, o Comité Provincial foi autorizado a trabalhar com o ministro da Energia e Águas, de modo a resolver o problema da distribuição de água à população.

Numa primeira fase, segundo Bento Bento, está a ser feito um trabalho no Kifangondo, onde o Presidente da República disponibilizou mais recursos à empresa de águas para avançar com o projeto de abastecimento de água do Bita e Koloca, para a produção de mais água potável para a província.

Ainda de acordo com a nossa fonte, as visitas de constatação foram realizadas no âmbito do Movimento de Revitalização, no círculo do programa "M em Movimento", com o lema " Descer às Bases, e subir com Elas". Para o representante provincial, o programa está a surtir efeitos, e que o MPLA em Luanda está cada vez mais à altura das suas responsabilidades, nas primeiras linhas de defesa da liderança e da bandeira nacional.

Conferências de balanço

Conforme escreve o JA, Bento garantiu que as próximas conferências de Balanço e Renovação de mandatos nos distritos urbanos e municípios, a realizarem-se nos próximos dias, vão reforçar as estruturas do partido com quadros mais capazes e competentes.

"O primeiro secretário do Comité Provincial apelou aos militantes que elejam quadros políticos com experiência, bons líderes e que saibam trabalhar e não aqueles que ainda têm de aprender. Os primeiros secretários eleitos, disse, devem ser dinâmicos e mobilizadores, que estejam à altura das responsabilidades, incluindo mulheres e jovens com capacidade de liderança", cita a nossa fonte.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project