LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Angola-Portugal: Empresária Isabel dos Santos quer 5 mil E por dia pelo ’tweet’ da socialista Ana Gomes 09 Dezembro 2019

Já tem data marcada a audiência em tribunal da queixa por difamação que a empresária angolana Isabel dos Santos apresentou contra a ex-eurodeputada socialista. Será a 17 deste mês, dois meses após a denúncia de Ana Gomes, sobre as falhas dos bancos na prevenção do branqueamento de capitais, ao expressar que a primeira bilionária africana e filha do ex-presidente de Angola "lava que se farta" em Portugal. A queixosa pede cinco mil euros de indemnização por cada dia que o ’tweet’ estiver no ar — e já lá vão 56 dias.

Angola-Portugal: Empresária Isabel dos Santos quer 5 mil E por dia pelo ’tweet’ da socialista Ana Gomes

Ana Gomes, conhecida personalidade do Partido Socialista, voltou a escrever, na rede social Twitter este sábado, sobre a polémica declaração que há quase dois meses fez relativamente à origem duvidosa do dinheiro da empresária Isabel dos Santos.

Desta vez para dizer que foi notificada pelo tribunal e que se prepara "para no próximo dia 17 apresentar as provas" do que escreveu em 14 de outubro. Ou seja, que Isabel dos Santos se endivida "muito porque ao liquidar as dívidas lava que se farta" enquanto que o Banco de Portugal fecha os olhos.

Após esse tweet de 14 de outubro, a ex-deputada voltou à carga dois dias depois para acrescentar que a empresária angolana usa o EuroBic, banco privado de direito português, de capitais luso-angolanos, sediado em Lisboa desde 2008.

O EuroBic de imediato anunciou que ia levar Ana Gomes a tribunal. Quase dois meses decorridos sobre essa primeira reação do banco, a ex-eurodeputada socialista tuìta que está sentada à espera dessa notificação judicial.

Provas no tribunal dia 17

Ana Gomes diz que está pronta para apresentar provas quando no dia 17 for ao tribunal de Sintra responder como acusada na ação cível que lhe moveu a queixosa Isabel dos Santos, a exigir que a ex-deputada portuguesa do Parlamento Europeu apague os tweets "difamatórios" sobre a origem do seu dinheiro.

Dentro de uma semana, saberemos mais.

Terreno da Prainha" no Parlamento Europeu

A socialista Ana Gomes tornou-se conhecida em Cabo Verde por ter levado o caso "terreno da Prainha" ao parlamento europeu, ao denunciar suspeitas de corrupção no caso da compra de um terreno à Câmara da Praia pelo então Embaixador da União Europeia, José Pinto Teixeira.

O terreno contíguo à embaixada de Portugal, na Prainha, dois anos depois está pronto e acolhe uma instituição que ostenta a bandeira canadiana.

Fontes: Twitter/arquivos. Relacionado: Portugal-Angola: Ana Gomes diz que Isabel dos Santos "lava que se farta" e BP fecha os olhos, 16.out.019; Angola vive em "instabilidade, não é de confiança para os investidores", diz Isabel dos Santos, 16.out.019.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project