LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Angola e ’Heróis de 4 de Fevereiro’, que valorização? 05 Fevereiro 2019

Continua sem reparação o monumento vandalizado há um ano e ao qual foi roubada a lápide com os nomes dos “Heróis do Quatro de Fevereiro de 1961”. Esta a principal demonstração, segundo cidadãos angolanos ouvidos por ocasião da comemoração do quinquagésimo oitavo aniversário da data histórica, de que há uma desvalorização do "4 de Fevereiro de 1961", que marca o início da luta da libertação.

Angola e ’Heróis de 4 de Fevereiro’, que valorização?

O monumento (foto) foi erguido no local onde se preparou o ataque à Casa de Reclusão e à Cadeia de São Paulo, em Luanda, nesse 4 de fevereiro há 58 anos, completados esta segunda-feira, 4, refere a Angola Press.

Para a mesma fonte, os "heróis" não eram soldados, eram simplesmente um "grupo de mulheres e homens, munidos de paus, catanas e outras armas brancas". O seu objetivo: libertarem presos políticos, muitos dos quais esperavam ser executados.

O ’4 de Fevereiro de 1961’ pode ser ainda considerado como um marco importante da luta africana contra o colonialismo. Uma história de resistência contra a opressão que ainda continua por escrever, salienta a Angola Press.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project