ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Angola/Cabo Verde: João Lourenço e José Maria Neves destacam como prioridade elevar o nível da cooperação económica e empresarial entre os dois países 14 Mar�o 2022

A cooperação económica e empresarial foi definida como prioridade das prioridades nas relações entre Angola e Cabo Verde, conforme anunciaram os presidentes João Lourenço e José Maria Neves em conferência de imprensa conjunta, realizada hoje, no Palácio Presidencial, na cidade da Praia.

Angola/Cabo Verde: João Lourenço e José Maria Neves destacam como prioridade elevar o nível da cooperação económica e empresarial entre os dois países

Conforme a declaração conjunta, os dois estadistas fazem questão de realçar que, a nível cooperação económica e empresarial, os dois países vão dar a prioridade ao setor dos transportes. "Assinámos hoje quatro importantes instrumentos de cooperação, sobretudo no domínio dos transportes aéreos e marítimos. Queremos portanto, começar pelo setor dos transportes, com o primeiro avião que vem em formato de leasing, para a companhia de transporte aéreo cabo-verdiano (TACV ). Por isso, acaba de aterrar, aqui na cidade da Praia, o primeiro Boing da TAAG envidado pela Angola. Portanto, não queremos perder tempo, mas sim trabalhar e reforçar a cooperação económica entre os dois países", avançou o presidente angolano.

Para além do setor dos transportes, João Lourenço adiantou que o seu país terá muito a ganhar se cooperar com Cabo Verde nas áreas de turismo, comércio e administração pública, tendo destacado o fato de existir uma "boa" administração pública em Cabo Verde.

Reconhecendo que o seu país tem muito a aprender com a cidade da Praia, João Lourenço anunciou que Angola quer, por outro lado, aproveitar a experiência do arquipélago em matéria do poder autárquico, visto que, conforme frisou, o seu país ainda não tem poder autárquico constituído. Tudo, segundo ele, por faltar a conclusão da legislação para o efeito, que requer consensos entre os partidos políticos.

"Queremos aprender com Cabo Verde em matéria de poder autárquico. Como sabem, Angola não tem poder autárquico constituído ainda, mas isso vai acontecer dentro em brave. No entanto, admitimos que viemos buscar conhecimentos e experiências de Cabo Verde para implementarmos o poder autárquico em Angola", sublinhou.

Por seu turno, o presidente José Maria Neves destacou que gostaria de ver as relações económicas e empresariais a evoluir para uma parceria estratégica forte entre os dois países. José Maria Neves realçou que quer ver mais investimentos angolanos em Cabo Verde, além de alguns já realizados como a Unitel T+ , o Banco Angolano de Investimento e os investimentos feitos na Enacol através da Sonangol. Mas Neves anunciou ainda o desejo de ver mais empresários angolanos a investirem no turismo, entre outros setores de atividade.

Questionado sobre o que vai acontecer com algumas empresas privadas angolanas que operam em Cabo Verde alvos da intervenção do estado por supostos usos indevidos de recursos públicos, João Lourenço respondeu de forma serena, afirmando que o estado quer, de um modo geral, apenas recuperar os ativos referidos, mas mantendo a funcionar as empresas e os postos de trabalho. José Maria Neves acrescentou, por sua vez, que a acidade da Praia vai respeitar qualquer decisão que Angola venha tomar, realçando existir mecanismos de consultas no quadro das relações de amizade e cooperação entre os dois países.

Para a cidade da Praia, a presença do PR angolano em Cabo Verde “vem conferir o relacionamento bilateral e uma dimensão consentânea à longa história comum, à intensa sintonia cultural e ao excelente entendimento político que sempre existiu entre os dois países”.

O parlamento cabo-verdiano acolheu, esta tarde, o Presidente angolano numa sessão espacial convocada para o efeito. Depois da Praia, João Lourenço vai viajar, esta terça-feira, rumo o Mindelo, na ilha de São Vicente, onde deve visitar pontos de interesse económico, como a empresa de conservação de pescado Frescomar e a Estação de Produção de Água dessalinizada, além de receber as chaves da mesma cidade das mãos do Edil Augusto Neves.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project