ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Antigo primeiro-ministro de Cabo Verde diz que impasse político na Guiné-Bissau prejudica este país 01 Junho 2019

O ex-primeiro-ministro José Maria Neves considerou que o impasse político que se vive na Guiné Bissau após as eleições é “muito prejudicial” para a Guiné-Bissau e “para a região”.

Antigo primeiro-ministro de Cabo Verde diz que impasse político na Guiné-Bissau prejudica este país

Em declarações ao jornal online Terra Nova citada pela Inforpess, Neves disse que a via para a saída da crise passa pelo “escrupuloso cumprimento da Constituição da República e das decisões dos tribunais e dos órgãos independentes de gestão do processo eleitoral”.

José Maria Neves considerou que se trata “já de uma urgência” e que “não se pode continuar por muito mais tempo nesta situação”.

“Os resultados eleitorais já foram proclamados, a Mesa da Assembleia Nacional Popular já está parcialmente constituída e em condições de funcionar e já há uma maioria parlamentar clara”, disse José Maria Neves, para quem “estão pois reunidas as condições para se formar Governo e garantir-se, desse modo, a governabilidade do país”.

O ex-governante lamenta que depois de os guineenses, “numa adesão cívica marcante, participarem entusiasticamente no processo eleitoral”” ainda não têm um Governo.

“As suas escolhas devem ser respeitadas e as instituições internacionais como a Comunidade Económica para o Desenvolvimento da África Ocidental (CEDEAO), a União Africana (UE), as Nações Unidas (NU) e a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) têm que assumir as suas responsabilidades”, indicou José Maria Neves citado pelas fontes referidas.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project