DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Argentina: Maradona é internado com “depressão e anemia”, dias após fazer 60 anos 03 Novembro 2020

Diego Armando Maradona, que na passada semana celebrou o seu 60º aniversário, foi, esta segunda-feira, internado numa clínica em La Plata, na Argentina.

Argentina: Maradona é internado com “depressão e anemia”, dias após fazer 60 anos

O jornal argentino ‘Olé’ assegura que nada terá a ver com covid-19, o que tudo indica, ainda não se conhece, para já, a causa oficial do seu internamento.

De acordo com aquela publicação, o antigo astro do futebol argentino mostrou-se algo debilitado, com dificuldades em levantar o braço esquerdo, tendo mesmo precisado de ajuda para se deslocar.

Ainda segundo informações veiculadas pela imprensa argentina, ‘El Pibe’ irá agora fazer alguns exames médicos, não tendo sido internado de urgência, mas sim apenas para avaliação médica.

No dia do seu aniversário, Maradona esteve no estádio do Gimnasia de la Plata, clube do qual é treinador. Contudo, deixou o estádio ainda antes de se iniciar o jogo com o Patronato, tendo sido o adjunto Sebastián Mendez a comandar o ‘lobo’ na primeira jornada do campeonato argentino.

Antes do encontro, Diego Maradona foi homenageado pelos presidentes do Gimnasia, Gabriel Pellegrino, da Federação Argentina de Futebol (AFA), Claudio Tapia, e da Liga Profissional de Futebol do país, Marcelo Tinelli.

Entretanto, fontes médicas revelaram à agência EFE que o ex-jogador e actual treinador do Gimnasia de la Plata foi internado por estar “emocionalmente mal” e por sofrer de “anemia”.

“Emocionalmente está mal. Foi fazer alguns exames e acabou por pedir para ser internado”, explicaram à EFE, informando que a situação de ‘El Pibe’ é “estável” e que “não é uma emergência”, embora tenha sido diagnosticado com “depressão e anemia”.

Além do histórico de problemas cardíacos e de hipertensão, e ter sido operado ao joelho direito no ano passado, Maradona também sofre de insónias, segundo adiantaram recentemente os médicos de ‘Pelusa’, garantindo que o argentino “está completamente limpo da cocaína”, mas que “em alguns momentos comete excessos com bebidas alcoólicas e noutros momentos, não”.

“Esta paragem, a quarentena e os problemas familiares têm sido terríveis para ele”, disse, há uns meses, Leopoldo Luque, um dos médicos de ‘El Pibe’.

Nos últimos meses, Diego Maradona perdeu peso e retomou os exercícios de reabilitação ao joelho direito, conclui a mesma fonte.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project