ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Assembleia Nacional confirma posse do Novo Presidente da República para 09 de Novembro 25 Outubro 2021

A Assembleia Nacional confirmou para 09 de Novembro a posse do novo Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, eleito nas eleições de 17 de Outubro.

Assembleia Nacional confirma posse do Novo Presidente da República para 09 de Novembro

Em nota enviada à Inforpress, o gabinete de comunicação e imagem do Parlamento cabo-verdiano adianta que o Presidente da Assembleia Nacional, no exercício dos poderes conferidos pela Constituição e depois de prévia concertação com os representantes dos competentes Órgãos de Soberania e com o Presidente da República eleito, fixou para o próximo dia 09 de Novembro, pelas 10:00 a Sessão Especial de tomada de posse.

De acordo com informações recolhidas pela Inforpress, os preparativos já decorrem, tendo sido já convidadas, para a cerimónia, várias personalidades nacionais e internacionais entre os quais os Chefes de Estado e do Governo da Comunidade Económica dos Estados Económicos da África Ocidental (CEDEAO) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) proclamou sexta-feira, 22, José Maria Neves como o vencedor das eleições presidenciais do passado dia 17, domingo, com 95.974 votos, o equivalente a 51,75% dos votos.

Segundo a presidente da CNE, Maria do Rosário Gonçalves, o candidato apoiado pelo Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV-oposição) foi o mais votado, quer a nível nacional (87.379 votos), quer no estrangeiro com 8.595 votos.

A seguir, surge o candidato Carlos Veiga, apoiado pelo Movimento para a Democracia (MpD-poder) que obteve um total de 78.612 votos, sendo 72.809 no País e 5.803 no estrangeiro.

Casimiro de Pina é o terceiro mais votado com um total de 3.346 votos, seguido de Fernando Delgado 2.518 votos, Hélio Sanches 2.185 votos, Gilson Alves 1.410 votos e Joaquim Monteiro 1.403 votos.

Quanto a votos em branco, de acordo com a primeira responsável da administração máxima do processo eleitoral, registaram-se 4.295 casos, sendo 4.153 no País e 142 no estrangeiro.

Ao todo, estiveram inscritos 398.690 eleitores nos cadernos eleitorais, sendo 342.610 a nível nacional e 56.080 na diáspora.

Do total dos inscritos, 191.335 foram às urnas, o que corresponde a 47,99%.

A abstenção, de acordo com a presidente da CNE, é de 207.355, correspondendo a 52,01%.

Nessas eleições houve 4.295 votos em branco (2,24%) e 1592 votos nulos (0,83%).

Em termos de votos validamente expressos são 185.448.

A missão dos observadores da CEDEAO declarou que a eleição presidencial de domingo, em Cabo Verde, se desenrolou em “boas condições” e com “transparência e credibilidade”.

Por sua vez, a missão de observadores da União Africana (UA) considerou que as eleições decorreram num “clima de paz” e foram “transparentes e justas”. No entanto, recomendou a alteração da lei para restringir o uso de bens e meios públicos para fins de campanha eleitoral.

Às presidenciais do dia 17 de Outubro concorreram sete candidatos: Fernando Delgado, Gilson Alves, José Maria Neves, Carlos Veiga, Hélio Sanches, Casimiro de Pina e Joaquim Monteiro.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project