AMBIENTE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Aumento da atividade sísmica no Vulcão do Fogo: INMG considera que a situação merece alguma atenção, mas não a preocupação 29 Maio 2020

Em comunicado remetido ao Asemanaonline, o Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INMG), informa que, do monitoramento feito, constata-se que houve um aumento de atividades sísmicas no Vulcão ativo do Fogo, em relação à que é habitualmente registada. Por isso, a instituição considera que « a situação merece alguma atenção, mas não a preocupação».

Aumento da atividade sísmica no Vulcão do Fogo: INMG considera que a situação merece alguma atenção, mas não a preocupação

« Estes desvios são absolutamente normais em vulcões ativos, como é o caso do Fogo. Entretanto, caso sejam sentidos tremores de terra na Chã das Caldeiras, não significa, necessariamente, que irá acontecer a erupção, pois esses tremores fazem parte do comportamento habitual do Vulcão e são resultantes da própria estrutura da ilha», lê se no comunicado referido.

O INMG explica, no entanto, que o vulcão se encontra no nível dois, um pouco superior ao estado de repouso. «Numa escala de 1 a 5, onde o 1 corresponde ao estado de repouso e o 5 ao eruptivo, o Vulcão do Fogo encontra-se, neste momento, no nível 2, o que não suscita preocupações maiores de momento», diz o documento.

Apelo à calma e seguimento da situação

Diante desses dados, o INMG recomenda calma à população da Ilha do Fogo e, em particular aos residentes de Chã das Caldeiras, apelando que devem seguir as instruções das autoridades de Proteção Civil.

O Instituto Nacional da Meteorologia e Geofísica garante que, sendo ativo, o Vulcão do Fogo é objeto de monitorização permanente pelo mesmo instituto e a análise dos dados é comunicada, sempre que for necessária, às autoridades de Cabo Verde, seguindo o protocolo estabelecido para o efeito. Foto: arquivo

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project