INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Áustria: Demite-se chanceler adjunto ’caçado’ em vídeo a negociar contratos com oligarcas russos 19 Maio 2019

O número-dois do governo austríaco, Heinz-Christian Strache, filmado a discutir negócios ilegais para beneficiar o FPÖ (Partido da Liberdade, conotado com a extrema-direita), apresentou a sua demissão este sábado.

Áustria: Demite-se chanceler adjunto ’caçado’ em vídeo a negociar contratos com oligarcas russos

O vídeo que emergiu este final de semana foi gravado há dois anos, estando Strache na altura fora do Governo. Isso leva muitos apoiantes seus a questionar o timing da sua divulgação, agora, em plena campanha para as eleições europeias.

Segundo o Süddeutsche Zeitung e o Der Spiegel, que o divulgaram na sua edição desta sexta-feira, podem ver-se, além de Strache e de Alyona Makarova, que se diz sobrinha dum oligarca russo, um intérprete e outro militante do FPÖ.

Strache aborda formas de ganhar influência na comunicação social. Chega mesmo a referir-se a alguns jornalistas como "prostitutas", enquanto Makarova diz querer "investir dinheiro não completamente legal na Áustria".

"Se nos ajudarem, conseguiremos não 27, mas 34% por cento", disse a Makarova um Strache algo toldado pela vodka nessa noite quente de Ibiza. O futuro vice-chanceler referia-se às eleições que estavam prestes a acontecer.

Negociar contratos só seria crime se fosse governante

Em julho de 2017 Stratche ainda não tinha vencido as eleições que o levariam a integrar o governo.

Daí ser justa, segundo juristas a sua afirmação de que nada fez de ilegal.

Prognostica-se que vai haver eleições antecipadas.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project