AUTÁRQUICAS 2020

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Santiago Sul: Candidatos mexem as primeiras peças do xadrez eleitoral 08 Outubro 2020

Com a atual situação da pandemia da COVID-19, as candidaturas às autárquicas viram reduzidas a sua mobilidade com as restrições sanitárias no quadro do atual estado de calamidade pública, nomeadamente a impossibilidade de realizar comícios públicos. Tal decisão obrigou os partidos políticos a criarem novas formas de divulgação das suas campanhas.

 Santiago Sul: Candidatos mexem as primeiras peças do xadrez eleitoral

Assim, os vários candidatos na região Santiago Sul desdobram-se em contatos porta-a-porta, para além da aposta no reforço da sua presença nas plataformas digitais, as redes sociais em particular.

É nesta linha que Óscar Santos e sua equipa procedem à transmissão live do ato de lançamento da sua campanha, a partir do espaço Hangar 7, através do facebook oficial do candidato do MpD, mantendo presença forte naquela rede social.

Num périplo pelo facebook da campanha de Francisco Carvalho (PAICV), é visível o esforço no reforço da atualização e cobertura das ações de campanha através daquela plataforma digital, destacando-se uma “arruada” por algumas das principais artérias da cidade, em particular no bairro da Achada Santo António, assim como os vários candidatos que privilegiaram os contatos de proximidade (porta-a-porta) em bairros específicos.

O candidato à presidência da Câmara de Ribeira Grande de Santiago, Domingos Mendes (MpD), assevera que o contexto do COVID-19 exige respeito e cumprimento das medidas de restrição e distanciamento social. Daí, enfatizar que, da sua parte, “é imperativo que haja civismo e educação cívica!”.

Mendes considera assertiva a decisão de proibição de comícios e acrescenta que a primeira opção é o diálogo porta-a-porta, com uma forte aposta nas redes sociais, com produção de mensagens simples.

O candidato à Câmara da Ribeira de Santiago, Nelson Moreira, na mesma linha dos demais, diz trazer uma mensagem de esperança para as famílias, jovens, agricultores, para os criadores de gado e para o sector de produção. Moreira deverá, assim, privilegiar os contatos porta-a-porta, mas sem se esquecer das orientações das entidades sanitárias. A enfâse da sua equipa será dada às redes sociais, vídeos e mensagens sonoras.

Já o candidato para São Domingos, Isaías Varela (PAICV), liderou a sua equipa numa “arruada” pelas principais artérias do município, animado pela chuva que agraciou a zona Sul de Santiago. Para o candidato, a presença destas precipitações é sinal de “esperança e grande mudança para São Domingos”. Mudança essa, representada pela sua equipa e plataforma.

Pelas mesmas razões, o candidato do MpD em São Domingos, Clemente Garcia, privilegia também os contactos porta-a-porta e a utilização das redes sociais e carros de som para passar a mensagem da sua plataforma eleitoral, tendo também visitado os bairros da «bobista», Várzea e Gudim.

Entretanto, com o candidato independente Nilton Paiva foi impossível de chegar à fala, não obstante as tentativas feitas neste sentido. Prometemos ouvi-lo para também apresentar o seu projeto politico e agenda de campanha neste espaço do Asemanaonline.

Karine da Silva/Rita Ramos - estagiárias/ Redação

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project