LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Autárquicas de Portugal: BE exige outro candidato PSD para Amadora — "Exterminar" de Suzana é inaceitável 03 Maio 2021

O BE-Bloco de Esquerda está a exigir que o líder do PSD, Rui Rio, indique outro candidato para a Câmara da Amadora, porque Suzana Garcia "não tem espaço no campo democrático". O busílis da questão é a entrevista à TVI em que a polémica advogada e agora candidata independente desejou que o Bloco "seja exterminado".

Autárquicas de Portugal: BE exige outro candidato PSD para Amadora —

"A candidata escolhida pelo doutor Rui Rio para encabeçar a lista do PSD à Câmara Municipal da Amadora introduziu o discurso de ódio e incitamento à violência na campanha autárquica. isso é profundamente inaceitável", criticou, em declarações à Lusa, o deputado do BE Fabian Figueiredo.

Entrevistada na televisão, na quarta-feira, 28, a cabeça-de-lista do PSD à Câmara da Amadora nas próximas autárquicas, Suzana Garcia, disse esperar "mesmo que o Bloco de Esquerda seja exterminado".

Na perspetiva do deputado e dirigente do BE, "as eleições autárquicas não podem ser palco nem espaço nem território para a proliferação do discurso de ódio ou do incitamento à violência".

"O que a candidata escolhida pelo doutor Rui Rio fez colide abertamente com qualquer tradição de convivência democrática entre organizações, partidos, listas de cidadãos que disputam projetos alternativos para cada uma das autarquias que se apresenta a eleições", criticou.

Fabian Figueiredo recordou que "o PSD é o segundo maior partido da Assembleia da República", insistindo que esta situação não pode ser ignorada "de forma alguma" porque se for considerado "aceitável não fica nenhuma fronteira por transgredir".

"A palavra extermínio foi propositadamente escolhida pela pessoa em causa, que aliás é licenciada em Direito, sabe perfeitamente o que é que significa exterminar. Isso é profundamente inaceitável", afirmou.

Próxima da extrema-direita?

Essa alegada proximidade ao partido Chega não preocupa os sociais-democratas, como clarificou o coordenador autárquico do PSD, José Silvano, para quem as posições públicas da advogada "não põem em causa os valores sociais-democratas".

Em 07 de abril, o coordenador José Silvano defendeu que Suzana Garcia é a "candidata mais indicada para ganhar" a Câmara Municipal de Amadora. Ela tem "um perfil adequado ao concelho a que se candidata" e tem "fortes possibilidades" de ganhar a Amadora.

Na apresentação de mais 53 candidatos autárquicos, a escolha para a Amadora da advogada e ex-comentadora televisiva dominou a conferência de imprensa, com José Silvano a referir que a independente foi proposta pela concelhia da Amadora, aprovada pela distrital de Lisboa e foi homologada "por unanimidade" pela Comissão Política Nacional.

Dias depois, o presidente social-democrata Rui Rio disse que se Suzana Garcia não tivesse o perfil para a corrida à Câmara Amadora não teria sido aprovada.

"Alguma vez a TVI teria nesta casa uma convidada racista, xenófoba?"

Entrevistada na televisão na quarta-feira, 28, a advogada fez a pergunta para reforçar que não é racista. "Eu fui convidada a ficar e a TVI sempre me tratou bem", assegura.

Contudo, teria de ser revista a história da TCI para se responder com verdade à pergunta da ex-comentadora da TVI e atual candidata independente à Amadora, "o concelho mais criolo de Portugal".

É que ainda está fresca na memória a entrevista da TVI há dois anos ao skinhead Mário Machado, co-autor de homicídio de Alcino, caboverdiano-descendente, em 1995.

Após a entrevista de 3 de janeiro de 2019, a TVI foi alvo de críticas de todos os quadrantes da vida pública. As várias participações levaram a uma investigação da ARE.

A ARE, entidade reguladora da comunicação social portuguesa, pronunciou-se no dia seguinte: "Em termos estritamente constitucionais, nada impedia a entrevista sob escrutínio".

Mas essa entrevista ao ex-líder da Frente Nacional e defensor de ideais xenófobos e racistas ditou o fim do segmento "Crónica Criminal" no programa "Você na TV" da estação televisiva independente: Portugal: TVI condenada por entrevista com skin co-autor de homicídio de Alcino, caboverdiano-descendente, 05.jan.019.

Fontes: Lusa/SIC/TVI. Relacionado: Portugal-Autárquicas: Advogada da polémica ’gentalha’ e pró-castração química é candidata PSD à câmara da Amadora, 07.abr.021. Foto: Em 07 de abril, o coordenador José Silvano defendeu que Suzana Garcia é a "candidata mais indicada para ganhar" a Câmara Municipal de Amadora. Ela tem "um perfil adequado ao concelho a que se candidata" e tem "fortes possibilidades" de ganhar a Amadora.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project