POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Bancada do MpD: João Gomes eleito líder parlamentar com um voto de diferença em relação à lista de Emanuel Barbosa 29 Maio 2021

O advogado João Gomes, deputado pelo círculo eleitoral de São Vicente, foi eleito como novo líder da Bancada do MpD na Assembleia Nacional, no escrutínio secreto que aconteceu nesta sexta-feira, por uma maioria relativa estreita. Venceu com 19 votos contra os 18 conseguidos pela lista adversária derrotada, encabeçada pelo seu colega Emanuel Barbosa.

Bancada do MpD: João Gomes eleito líder parlamentar com um voto de diferença em relação à lista de Emanuel Barbosa

Mesmo por proposta da cúpula do MpD, João Gomes venceu com um voto de diferença e um outro em branco. Um sinal de que, segundo observadores atentos, a bancada que sustenta o governo ficou dividida – não constam da nova equipa eleita figuras sonantes como Mirceia Delgado, Orlando Dias, Luís Carlos Silva, entre outras. Gomes substitui Joana Rosa, que foi chamada a desempenhar o cargo de ministra da Justiça no atual governo da X Legislatura.

Abordado por este jornal, João Gomes prometeu falar mais tarde sobre a sua eleição e os desafios da sua liderança, visto que se encontrava a caminho do aeroporto para seguir rumo a São Vicente, onde reside atualmente.

Em declarações à Rádio Nacional, João Gomes prometeu trabalhar para sustentar politicamente o executivo de Ulisses Correia e Silva e negociar, sempre que necessária, com os partidos da oposição (PAICV, UCID) em busca de consensos para as matérias que exigem maioria qualificada.

«As matérias que exigem dois terços são matérias das reformas, se nós não fizermos muitas reformas que o país carece não estaremos a fazer o nosso trabalho e não estaremos a dar resposta que o povo espera de nós. E só podemos aprovar matérias que exigem dois terços se houver diálogo não só entre as duas bancadas, mas também com os deputados da UCID”, sustentou segundo a Inforpress.

João Gomes salientou que há matérias que são muito caras ao MpD, designadamente a da descentralização, mormente na sua vertente regionalização. Por isso, indicou que da parte do partido que venceu as eleições de 18 de Abril há predisposição para dialogar e recuperar o tempo perdido na IX legislatura e concluir a X legislatura com essas reformas.

Por outro lado, prometeu também incutir nos deputados, sobretudo aqueles que fazem o seu primeiro mandato, a necessidade de elevar o discurso para melhorar a imagem externa do parlamento. “Portanto, é fazer-lhes ver que ganha o debate não aquele que falar mais alto, que discute mais, mas que ganha o debate aquele que trouxer melhor qualidade no discurso e souber passar a sua mensagem. E nós só conseguiremos passar a nossa mensagem se tivermos a serenidade e a tranquilidade necessárias», avisou.

Suposta divisão e nova direção eleita

Conforme a Inforpress, questionado sobre a suposta divisão da bancada ventoinha, o novo líder do grupo parlamentar do MpD nega que há desunião e falta de coesão no seio do partido. Justifica a situação registada na eleição dos membros da mesa da Assembleia Nacional, com a rejeição do deputado Orlando Dias para o cargo de vice-presidente da AN, como algo “normal em democracia”.

“Aquilo que aconteceu não era o desejado pelo sistema MpD no seu todo. Mas atenção; o que aconteceu foi democracia. Os deputados têm liberdade para exercerem a sua deputação e devem fazê-lo, sobretudo, com responsabilidade. Portanto, não aconteceu nada de anormal”, sustentou João Gomes.

A nova Direção da Bancada do MpD na Assembleia Nacional ficou constituída por cinco elementos. Ou seja, a João Gomes, deputado eleito pelo circulo eleitoral de São Vicente e novo líder parlamentar do MpD, juntam-se (ver foto na roda pé, des esquerda para direta) os quatro vice-presidentes: Euclides Silva (Presidente da JpD e eleito pelo círculo eleitoral de Santiago Sul), Ângela Gomes (eleita pelo circulo eleitoral de Santo Antão), António Melo (eleito por Santiago Sul e Presidente da Federação Cabo-verdiana de Associações de Pessoas com Deficiência) e Isa Rodrigues (eleita por Santiago Sul).

Com o clima tenso entre os parlamentares ventoinhas, espera-se agora pela reação da candidatura derrotada de Emanuel Barbosa, eleito pelo círculo da Europa.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project