INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Bielorrússia: Lukashenko manda caças interceptar voo de opositor —"A pena de morte espera-me aqui" 24 Maio 2021

"A pena de morte espera-me aqui", disse Raman Pratasevich assim que viu o avião da Ryan Air a mudar a rota. Opositor do presidente bielorrusso, o jornalista de 26 anos está exilado há dois anos e, contra as previsões, foi detido no aeroporto de Minsk este domingo, após o avião comercial em que voava de Atenas para Vilnius ter sido interceptado por caças e obrigado a pousar.

Bielorrússia: Lukashenko manda caças interceptar voo de opositor —

Uma testemunha relatou que o jovem repórter expressara: "A pena de morte espera-me aqui", assim que se apercebeu de que o avião da Ryan Air mudara a rota.

"Ele estava desesperado, apertava a cabeça entre as mãos", disse outra testemunha citada pelo Deutcshe Welle. "Nada fazia prever que ia haver essa descida em Minsk", disse o mesmo passageiro.

Segundo os órgãos de comunicação oficial da Bielorrússia, foi o próprio presidente Alexander Lukashenko que deu a ordem para um caça MiG-29 interceptar o voo.

As autoridades informaram em comunicado de imprensa que tinham recebido um alerta de que havia uma bomba a bordo. Nenhuma bomba foi encontrada no avião desviado, segundo o referido online alemão.

Bielorrússia faz pirataria aérea

"A Bielorrússia está a fazer pirataria do Estado", disse o embaixador lituano na Grécia a expressar a sua indignação perante esta insólita detenção do jornalista que a Lituânia acolheu como refugiado.

Segundo a RSF-Repórteres Sem Fronteiras relatou em dezembro, o ano de 2020 nesse país fica marcado pelas pressões políticas do regime de Alexander Lukashenko, também sobre jornalistas.

Neste último relatório da RSF, a Bielorrússia regista quatro dos 42 jornalistas "atualmente privados de liberdade".

Fontes: Referidas. Relacionado: Bielorrússia: Radiotelevisão pública em greve declara governo "ilegítimo" —Lukashenko admite partilhar poder mas nega repetir eleições, 17.ago.020; Bielorrússia: Contesta-se vitória de Lukashenko com 80,23%, UE pede recontagem — Polícia carrega sobre apoiantes de Tikhanovskaya, 11.ago.020; Bielorrússia: 6º mandato do presidente "paizinho" desafiado por professora que lidera sondagens, 08.ago.020.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project