CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Boa Vista: Incêndio no bairro Boa Esperança consome barracas e causa perdas materiais 12 Julho 2022

Um incêndio ocorrido por volta das 23:00 de segunda-feira, 11, na zona sul do bairro de Boa Esperança, em Sal Rei, alastrou-se por um conjunto de barracas, causando perdas de bens materiais.

Boa Vista: Incêndio no bairro Boa Esperança consome barracas e causa perdas materiais

Segundo o corpo dos bombeiros da Protecção Civil da Câmara Municipal da Boa Vista, o alerta foi dado por volta das 23:00, tendo a corporação extinto o fogo por volta das 01:30, com auxílio dos bombeiros e autotanques da ASA.

Conforme relatou Zema, um dos moradores do bairro e testemunha ocular do sinistro, o incêndio começou num colchão velho que se encontrava ao redor de uma das barracas, tendo as chamas espalhadas por pedaços de plástico e outros materiais que ali se encontravam.

“Logo de seguida dirigi-me para a esquadra que fica situada aqui perto para pedir auxílio e um grupo de moradores recorreu a boias e baldes de água para tentar extinguir o fogo, mas alcançar este propósito já não foi possível dado a dimensão das chamas que se alastraram por outras casas e arredores”, contou, entretanto, sem conseguir precisar o número de pessoas que moram no conjunto de barracas onde o fogo deflagrou.

“Estava deitado, ouvi alguém a chamar pelo meu irmão que terá subido em cima da nossa casa, e aos prantos alertou que havia um incêndio por perto. Levantei-me depressa, quando sai o incêndio já havia espalhado, por pouco já não dava tempo de conseguirmos sair da nossa residência”, disse Carlos, um dos moradores que residia numa das barracas juntamente com irmãos, mulher e o seu filho.

No espaço de um ano e três meses ocorreram na ilha da Boa Vista três incêndios, sendo que os dois anteriores, um a 14 de Março, em que se incendiou um prédio antigo no centro da cidade de Sal-Rei, e outro, a 23 de Julho, na zona de pocilga, em que ficaram carbonizadas cerca de duas dezenas de animais e mais de uma dezena de pocilgas.

Por estas alturas, os bombeiros municipais alertam sobre a falta de equipamentos e materiais de trabalho, principalmente de meio de combate a incêndio, como autotanques com capacidade de água suficiente para extinguir chamas, entre outras necessidades laborais.

Hoje, após o incêndio, em declarações à imprensa, um bombeiro da Proteção Civil da Câmara Municipal da Boa Vista, Juanito Brito, que esteve no combate a este incêndio voltou a fazer este mesmo alerta. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project