Legislativas 2021

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Boa Vista/PP: Sérgio Corrá defende reforma radical do Estado e legalização de cannabis, prostituição, casamento homossexual e eutanásia 02 Abril 2021

O cabeça-de-lista do Partido Popular (PP) pelo círculo eleitoral da Boa Vista pode ficar na história como o candidato a deputado que defende uma reforma mais radical do Estado de Cabo Verde, com a redução drástica da composição da Assembleia Nacional e a eliminação de vários departamentos governamentais e serviços públicos. Sem medo de ser criticado por tomar posição sobre assuntos tabus, Sérgio Corra apresenta o projeto de se legalizar o consumo e a produção de canábis, a prostituição, o casamento homossexual e a eutanásia. Além dessas propostas, o candidato do PP reforça, em entrevista ao Asemanaonline, a intenção da sua lista, caso o seu partido vença as eleições de 18 de Abril, de reduzir vários impostos e aumentar o Salário Mínimo Nacional (SMN) para 20 mil escudos.

Entrevista conduzida por: Luciana da Cruz/Redação

Boa Vista/PP: Sérgio Corrá defende reforma radical do Estado e legalização de cannabis, prostituição, casamento homossexual e eutanásia

A Semana -Quais são as principais motivações da sua candidatura?

Sérgio Corrá- A nossa motivação é principalmente porque estamos cansados de ver o desperdício total do dinheiro público e de ver a grande corrupção principalmente a nível imobiliário.

Como está composta a lista do PP às legislativas em termos de competência técnica e género?

- A nossa lista para o círculo eleitoral da ilha da Boa Vista é formada por três homens, duas mulheres, quatro empresários e um funcionário da área comercial. O cabeça-de-lista possui competências na área de bancos de negócio, contabilidade, economia e a nível comercial.

Com que nível de linguagem e metodologia de contatos pretende fazer a campanha eleitoral?

- Para a campanha, nós vamos apostar fortemente nas redes sociais - o facebook, e em atividades porta-a-porta, com grupos permanentes em cada localidade da ilha.

Principais apostas para relançar o desenvolvimento da Boa Vista

Quais as principais apostas que a plataforma eleitoral do PP preconiza para relançar o desenvolvimento da Boa Vista?

- A nossa proposta eleitoral para a ilha da Boa Vista está centralizada em 10 pontos que prevê uma reforma profunda do Estado de Cabo Verde. Em primeiro lugar, nós queremos implementar um novo sistema fiscal para o alargamento da base tributável para reduzir a enorme dívida nacional, superior a 140% do PIB. Nós queremos eliminar o imposto IUP sobre a casa de residência fixa de cidadãos com nacionalidade cabo-verdiana. Reduzir o número de deputados Nacionais de 72 para 20. Introduzir um novo sistema eleitoral uninominal, com a apresentação das candidaturas entre 18 e 60 anos e limite de 3 mandatos até 65 anos. Eliminar as Embaixadas Cabo-verdianas no exterior. Reverter os recursos para bolsa de estudo e saúde. Eliminar os Ministérios da Cultura, do Desporto, da Agricultura para poder passar esses recursos às Câmaras Municipais. Eliminar o serviço militar obrigatório. Reduzir progressivamente o imposto IUR até 15%. Aumentar para 20.000$00 o vencimento mínimo nacional. Reduzir o IVA sobre bar, restaurante, hotéis. Reduzir o Iva sobre turismo a 6%. Aumentar a taxo do visto para 35 Euros. Criar uma Zona Económica Especial para interior da Boa Vista. Legalizar a produção e consumo da Cannabis, a prostituição, o casamento homossexual, a eutanásia e doação obrigatória dos transplantes de órgãos humanos.

Eleger no mesmo dia do pelito eleitoral para o Presidente da República, o Procurador-Geral da República. Tudo com o fito garantir uma forte ­socialização do sistema da justiça. Liquidar a Bolsa de Valores e a SDTIBM- Sociedade de Desenvolvimento Turístico das ilhas de Boa Vista e Maio e acabar com a especulação imobiliária.

Que aspectos importantes da ilha da Boa Vista devem merecer uma atenção especial na próxima legislatura?

- É preciso reduzir o número de deputados nacionais; Eliminar o imposto sobre a residência de cidadãos cabo-verdianos; Eliminar os serviços obrigatórios nas Forças Armadas, reduzir IUR de 22 para até 15%; Aumentar o vencimento mínimo nacional a 20.000$00; Legalizar a produção e o consumo de cannabis; Legalizar a prostituição, a eutanásia, o casamento homossexual e o transplante de órgãos humanos.

Principais reivindicações dos boa-vistenses

Pode enumerar as principais reivindicações dos boa-vistenses neste momento ?

- As principais reivindicações dos boa-vistenses são mais a nível da Saúde, da educação e dos transportes. Há um grande problema de ligação com interior da ilha, com transportes interilhas. Há ainda a falta de um avião ambulância para emergências sanitárias.

O que a lista do PP pretende fazer para credibilizar a política e reconquistar os eleitores?

- Para credibilizar a política, precisamos focalizar numa reforma profunda do Estado, pela transparência e pela sustentabilidade rumo a independência económica da nossa terra.

O que esta candidatura do Partido Popular traz de diferente em comparação com a lista dos outros partidos ?

- A nossa candidatura é independente de todos os partidos. Podemos, portanto, falar de assuntos que para outros é classificado como proibido, porque nós não temos controlo por parte do presidente do partido.

Meta de mandatos a conquistar

Qual é a meta definida pela sua lista no tocante ao número de mandatos a conquistar?

- A ilha da Boa Vista consegue eleger dois deputados, portanto a nossa meta é conseguir eleger pelo menos um parlamentar.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project