SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Criminalidade: Tribunal manda para cadeia homem suspeito de vários crimes na Boa Vista e interdição de saída do país a nigeriano acusado de tráfico de droga 29 Novembro 2021

O Tribunal da Comarca de Boa Vista decretou, esta sexta-feira, 26, prisão preventiva para um homem de 28 anos, natural da cidade da Praia, residente no bairro de Boa Esperança. Tudo por ser suspeito de vários crimes cometidos nos anos de 2017 e 2021. Já em São Vicente, o Tribunal aplicou como medidas de coação pessoal a apresentação periódica e interdição de saída do território nacional a um nigeriano, de 41 anos, suspeito de crime de tráfico de estupefacientes.

Criminalidade: Tribunal manda para cadeia homem suspeito de vários crimes na Boa Vista e interdição de saída do país a nigeriano acusado de tráfico de droga

Referindo-se ao primeiro caso, a PJ revela que o Tribunal da Comarca de Boa Vista decretou prisão preventiva, na passada sexta-feira, a um indivíduo de 28 anos, natural da cidade da Praia, residente atualmente, no bairro de Boa Esperança – Boa Vista – suspeito da prática de vários crimes, nomeadamente um de Homicídio agravado, na sua forma tentada; um de homicídio simples, na sua forma tentada; dois de ofensas simples à integridade; dois de armas; um de ameaça de morte; um de dano e um de violência baseada no género (VBG), cometidos nos anos de 2017 e 2021.

A PJ descreveu a Judiciária que, através do Departamento de Investigação Criminal da Boa Vista (DICBV), na sequência da investigação de vários processos-crimes, e em cumprimento de um mandado do Ministério Público, deteve, na passada quinta-feira, 25, fora de flagrante delito, no bairro da Boa Esperança, o referido indivíduo, natural da Cidade da Praia, suspeito da prática de vários crimes.

Já em São Vicente, o Tribunal aplicou apresentação periódica e interdição de saída do território nacional, como medidas de coação pessoal a um cidadão nigeriano, de 41 anos, que vinha sendo procurado há mais de um ano, suspeito de crime de tráfico de droga.

Segundo a PJ, o suspeito, que antes residia em Santa Maria - ilha do Sal, ao se aperceber que havia contra si investigações em curso no Departamento de Investigação Criminal do Sal (DICS), que resultaram, inclusive, na apreensão de estupefacientes, alegadamente a ele pertencentes, abandonou o país, rumo à Dakar – Senegal, tendo regressado ao país há bem pouco tempo, e fixada residência na ilha de São Vicente.

“A PJ, em cumprimento de um mandado do Ministério Público da ilha do Sal, deteve, na sexta-feira passada, fora de flagrante delito, o citado cidadão nigeriano, de 41 anos, que vinha sendo procurado há mais de um ano, suspeito da prática de crime de tráfico de estupefacientes», precisou a mesma fonte.

O detido foi presente, no tempo legal, às autoridades judiciárias competentes, para efeito do primeiro interrogatório judicial de arguido detido e aplicação de medidas de coação pessoal, tendo-lhe sido aplicado apresentação periódica e interdição de saída do território cabo-verdiano.

................
Referindo-se ao primeiro caso, a PJ revela que o Tribunal da Comarca de Boa Vista decretou prisão preventiva, na passada sexta-feira, a um indivíduo de 28 anos, natural da cidade da Praia, residente atualmente, no bairro de Boa Esperança – Boa Vista – suspeito da prática de vários crimes, nomeadamente um de Homicídio agravado, na sua forma tentada; um de homicídio simples, na sua forma tentada; dois de ofensas simples à integridade; dois de armas; um de ameaça de morte; um de dano e um de Violência Baseada no Género (VBG), cometidos nos anos de 2017 e 2021.

Revela ainda a Judicaria que, através do Departamento de Investigação Criminal da Boa Vista (DICBV), na sequência da investigação de vários processos-crimes, e em cumprimento de um mandado do Ministério Público, deteve, na passada quinta-feira, 25, fora de flagrante delito, no bairro da Boa Esperança, o referido indivíduo, natural da Cidade da Praia, suspeito da prática de vários crimes.

Já em São Vicente, o Tribunal aplicou apresentação periódica e interdição de saída do território nacional, como medidas de coação a um cidadão nigeriano, de 41 anos, que vinha sendo procurado há mais de um ano, suspeito de crime de tráfico de droga.

Segundo a PJ, o suspeito, que antes residia em Santa Maria - ilha do Sal, ao se aperceber que havia contra si investigações em curso no Departamento de Investigação Criminal do Sal (DICS), que resultaram, inclusive, na apreensão de estupefacientes, alegadamente a ele pertencentes, abandonou o país, rumo à Dakar – Senegal, tendo regressado ao país há bem pouco tempo, e fixado residência na ilha de São Vicente.

“A PJ, em cumprimento de um mandado do Ministério Público da ilha do Sal, deteve, na sexta-feira passada, fora de flagrante delito, o referido cidadão nigeriano, de 41 anos, que vinha sendo procurado há mais de um ano, suspeito da prática de Crime de Tráfico de Estupefacientes», precisou a mesma fonte.

O detido foi presente, no tempo legal, às autoridades judiciárias competentes, para efeito do primeiro interrogatório judicial de arguido detido e aplicação de medidas de coação pessoal, tendo-lhe sido aplicado apresentação periódica e interdição de saída do território cabo-verdiano.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project