CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Boa Vista acolhe abertura da campanha para celebrar 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos 18 Junho 2018

A Comissão Nacional para os Direitos Humanos e a Cidadania (CNDHC) lança, esta terça-feira, em parceria com a União Europeia (UE) e o Sistema das Nações Unidas (NU) em Cabo Verde, uma campanha nacional de promoção dos Direitos Humanos. O acto é para celebrar os “70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos” e decorrerá no Salão Nobre da Câmara Municipal da Boa Vista.

Boa Vista acolhe abertura da campanha para celebrar 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

Com arranque a partir das 9H30, a iniciativa conta com o apoio da Câmara Municipal da Boa Vista. Vai contar com as presenças da Presidente da CNDHC (Zaida Morais de Freitas), da Embaixadora da EU ( Sofia Moreira de Sousa), da Coordenadora Residente das NU ( Ana Patrícia Graça) e do Presidente da Câmara Municipal da Boa Vista, José Luís Santos.

Segundo a CBDHC, depois do acto de lançamento referido, serão realizadas atividades alusivas à campanha na Escola do EBI da localidade de Povoação Velha (19 de Junho – 17H00), em parceria com a Associação Varandinha. O mesmo acontece com alunos do Liceu da Boa Vista, numa cerimónia a decorrer no Centro da Juventude local (20 de Junho – 9H00). A campanha inclui ainda a comunidade do bairro da Boa Esperança – o acto está agendado para 20 de Junho – 16H30, na sede da Associação Comunitária Unidos pela Boa Vista.

Parceiras e objectivos

Em nota, a organização assegura que a campanha conta com o financiamento da UE, no âmbito do projeto “Promovendo os direitos humanos e laborais através do GSP+”, e o apoio do Sistema das Nações Unidas. «Tem como principal objetivo promover o conhecimento e o debate sobre a história, princípios e artigos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, mas também estimular a população cabo-verdiana a interiorizar esses princípios no quotidiano e a reconhecer a responsabilidade de todos na promoção e defesa dos direitos humanos, com vista ao desenvolvimento, organização, coesão e estabilidade social em Cabo Verde».

O documento acrescenta que a campanha terá uma componente mediática e contará com o apoio especial do jovem artista Hilário Silva, que produziu uma música para o efeito e será uma das caras da campanha. Serão ainda realizadas ações de sensibilização nas escolas e comunidades, e de capacitação para jovens ativistas.

É de recordar que a Declaração Universal dos Direitos Humanos foi aprovada pela Assembleia Geral das Nações Unidas a 10 de Dezembro de 1948, no rescaldo das atrocidades cometidas durante a Segunda Guerra Mundial. O documento define os 30 direitos básicos de todos os seres humanos em todos os lugares, independentemente de qualquer condição, e está traduzido em mais de 500 línguas.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project