LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Brasil: 1ªs doses de vacina chinesa CoronaVac já no dia 20, anuncia governador de São Paulo em desafio a Bolsonaro 11 Novembro 2020

O primeiro lote da vacina chinesa CoronaVac, com 120 mil doses, é esperado no Brasil no próximo dia 20, anunciou nesta segunda-feira, 9, o governo estadual de São Paulo. Até dezembro, o Instituto Butantan, que firmou parceria com o laboratório chinês Sinovac, conta ter disponíveis seis milhões de doses prontas.

Brasil: 1ªs doses de vacina chinesa CoronaVac já no dia 20, anuncia governador de São Paulo em desafio a Bolsonaro

"As primeiras doses da vacina CoronaVac chegam ao Brasil no dia 20 de novembro e esta data está confirmada. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária já havia autorizado, nós já tínhamos comentado isso com vocês, a própria Anvisa já havia emitido comunicado também", disse em conferência de imprensa o governador de São Paulo, João Doria.

A vacina anti-Covid, ainda em fase de testes com humanos, aguarda validação da Anvisa-Agência Nacional de Vigilância Sanitária que em 29 de outubro, autorizou a importação, em caráter excecional, de seis milhões de doses (Brasil: São Paulo tem autorização para importar matéria-prima da China para vacina CoronaVac —Bolsonaro está contra vacina ’chinesa’, 30.out.020).


Bolsonaro só quer vacina de Oxford, Mourão conta com ambas

Há três semanas que decorre uma guerra política entre Bolsonaro, que favorece a vacina de Oxford fabricada no Rio, pelo Instituto Oswaldo Cruz, e Dória, que privilegia a CoronaVac, fabricada pelo Instituto Butantan em São Paulo.

O presidente brasileiro, que está contra o imunizante chinês, parece ignorar que o IFA- ingrediente farmacêutico ativo da vacina de Oxford é ...chinês.

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, afirmou, entretanto, que o governo federal também conta com a vacina chinesa, além de outras vacinas que sejam validadas, caso venha a ter eficácia comprovada.

Fontes: Agência Brasil/ Rede Globo. Foto: A vacina CoronaVac resulta da parceria entre a farmacêutica chinesa Sinovac e o instituto brasileiro Butantan.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project