LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Brasil: 20 mil arcos de violino apreendidos e um debate ecologia vs. arte e economia 06 Novembro 2018

Negociantes de fabrico de violinos para artistas nacionais e estrangeiros sofreram avultado prejuízo, com a apreensão das peças e multas num total de 9,7 milhões de reais (c.400 milhões CVE) por terem violado a lei que interdita o uso de madeiras raras, como o pau-brasil, o jacarandá.

Brasil:  20 mil arcos de violino apreendidos  e um debate ecologia vs. arte e economia

Nove empresas de comercialização e exportação mais uma unidade de fabrico sediadas em três estados — Espírito Santo, Minas Gerais e São Paulo — foram autuadas pelo IBAMA—o instituto que regula a utilização dos recursos naturais (água, solo, fauna, flora) do Brasil.

A unidade de fabrico, uma serração (que no Brasil é designada serraria), foi desmontada e as máquinas apreendidas.

Artistas têm de "dever de se informar sobre origem da madeira dos instrumentos"

O alerta das autoridades serve também de advertência para a possibilidade de virem a ser também criminalizados os clientes. Esta é uma medida que está a gerar debate, pois mexe com interesses económicos e produção artística.

A exportação de arcos de pau-brasil é um dos itens da economia brasileira. A procura vem de Inglaterra, Japão, Estados Unidos, Itália e França, comenta-se nas redes sociais e comentários na imprensa.

— -
Fontes: https://g1.globo.com/es/espirito-santo/noticia/2018/11/ vinte-mil-arcos-de-violino-fabricados-com-madeira-de-especies-em-extincao-sao-apreendidos-no-es-mg-e-sp.ghtml. Foto Divulgação/ Ibama: Operação do Ibama-Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis apreende arcos de violino no ES, MG e SP.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs