LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Brasil: 3ª variante do coronavírus descoberta no Japão em 4 passageiros 11 Janeiro 2021

A estirpe, a terceira identificada depois da britânica e sul-africana, foi detetada no aeroporto de Tóquio em quatro passageiros — parece que da mesma família, um homem na casa dos 40, uma muher na casa dos trinta e dois adolescentes — no dia 2 de janeiro, segundo informa hoje (segunda-feira, 11) o Ministério da Saúde do Japão que diz ter entretanto avisado o homólogo brasileiro.

Brasil: 3ª variante do coronavírus descoberta no Japão em 4 passageiros

Os passageiros, cuja nacionalidade não é referida, tinham saído do Amazonas e à chegada a Tóquio entraram em quarentena. O homem apresentava problemas respiratórios, a mulher tinha dores de cabeça e de garganta, o adolescente estava febril e a adolescente, que também testou positivo, não apresentou quaisquer sintomas.

A variante do Amazonas, segundo informou a autoridade japonesa, difere das duas variantes extremamente infecciosas descobertas no Reino Unido e África do Sul e que têm sido responsáveis pelo aumento de casos nos dois países.

"De momento, não temos qualquer prova de que a nova variante encontrada nos quatro desembarcados do Brasil tenha maior transmissibilidade", disse o médico Takaji Wakita, diretor do NIID-Instituto das Doenças Infecciosas do Japão em conferência de imprensa.

Porém, o Ministério da Saúde do Brasil disse ter recebido do homólogo japonês a informação de que a variante tem 12 mutações, uma das quais está presente nas variantes do Reino Unido e da África do Sul. "Ora, isto quer dizer que o potencial de infecciosidade é maior", segundo o MS do Brasil que requereu mais informação junto do homólogo nipónico.

Desde o início de janeiro — altura em que foram encontradas, no maior país da Lusofonia, as variantes do Reino Unido e da África do Sul —, o Brasil tem apresentado uma média de 50 mil pessoas (29.792 no domingo e mais de 60 mil no sábado) a testar positivo por dia.

Hoje o Brasil regista mais de oito milhões de infetados e mais de 200 mil óbitos — é o terceiro, após os EUA e Índia, e o segundo a nível mundial, após os EUA, respetivamente.

Fontes: Japan Times/ Reuters/Worldometers/ Os media de referência no Brasil nada tinham noticiado até ao final de segunda-feira, 11. Foto (Kiodo): Chegadas no Aeroporto Haneda, Tóquio. Os robôs omnipresentes no combate à Covid-19 no Japão.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project