LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Brasil: Carlos e Flávio Bolsonaro e agora Flordelis suspeitos de ’rachadinha’ 15 Dezembro 2020

Flordelis, deputada federal suspeita de conjugicídio, junta-se agora ao grupo de políticos, incluindo o filho do presidente do Brasil, acusados do crime financeiro conhecido por "rachadinha". A famigerada prática consiste em o assessor transferir parte do seu salário ao parlamentar, através de um acordo pré-estabelecido ou como exigência para a função.

Brasil: Carlos e Flávio Bolsonaro e agora Flordelis suspeitos de ’rachadinha’

O testemunho da filha adotiva Daiane Freire em tribunal na última sexta-feira, 11, marcou uma viragem no caso judicial: a deputada federal do PSD-Partido Social Democrático arguida no caso de conjugicídio passa a ser suspeita também do crime financeiro de "rachadinha". Ao longo dos anos, políticos de diversos partido têm sido denunciados, incluindo desde 2018 os dois filhos mais velhos do presidente Bolsonaro.

Uma das primeiras filhas adotivas da cantora e pastora Flordelis — Daiane Freire, que em tribunal mostrou estar ressentida com a diferenciação entre adotivos e biológicos "que não existia quando éramos pobres" — depôs que a mãe e o também pastor e vereador "Misael", Wagner Andrade Pimenta, praticam nos seus gabinetes a famigerada"rachadinha".

Já em outubro tinha sido notícia a exoneração de Luana Vedovi Rangel Pimenta, casada com "Misael" e assessora parlamentar da sogra Flordelis. Segundo o jornal Extra, a nora da parlamentar ocupava o cargo de secretária desde havia nove meses e tinha o salário mensal de R$15.698,32 (mais de 400 contos).

Mãe, ’sogra’, esposa e ... viúva mandante do homicídio de Anderson

O homicídio de Anderson tem na base a motivação financeira, concluiu a investigação policial.

Segundo provas lidas em tribunal, um dos filhos adotivos, também ex-marido de Simone, André Luiz de Oliveira, o "Bigode" dialoga com a mãe adotiva sobre "tirar dinheiro do caixa da igreja", agora chamada Comunidade Evangélica Cidade do Fogo, para custear as despesas médicas da família.

O diálogo, segundo a investigação entregue ao MP, demonstra que Anderson do Carmo teria uma "postura rígida em relação à administração das quantias arrecadadas pela igreja e, separadamente, pela deputada".

Nessa conversa, Flordelis descarta a possibilidade do divórcio: "Fazer mais o quê? Se separar (sic) eu não posso porque não posso escandalizar o nome de Deus".

Fontes: Globo/Folha de São Paulo/... Relacionado: Brasil: piorou de 96º para 105º no Ranking da Corrupção — "Rachadinha" de Flávio Bolsonaro já repercutiu, 16.fev.020; Brasil: ’Queima de arquivo’ poderá estar por trás da morte do ex-capitão Nóbrega ligado a Flávio Bolsonaro no caso "rachadinha", 10.fev.020; Brasil: Deputada e pastora Flordelis com tornozeleira — 11 filhos mantidos na cadeia pelo parricídio, 13.out.020; Brasil: Conjugicida, deputada, evangélica, mãe de 55 filhos — Filhos presos, mãe tem imunidade parlamentar, 27.ago.020. Fotos: Flordelis e a única filha biológica, Simone dos Santos Rodrigues (indiciada e presa no dia 24 de agosto de 2020 juntamente com o ex-marido André Luiz de Oliveira e a filha Rayane). Anderson e Flordelis em Paris. Flávio e Carlos Bolsonaro, desde 2018 alvos de investigações no Ministério Público sobre alegadas irregularidades financeiras, incluindo a ’rachadinha’.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project