LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Brasil/Eleições: Socialistas europeus expressam apoio a Lula da Silva em São Paulo 23 Agosto 2022

Uma delegação do grupo dos Socialistas e Democratas (S&D) no Parlamento Europeu, incluindo dois eurodeputados portugueses, vai reunir-se na segunda-feira em São Paulo com Lula da Silva, para manifestar apoio à sua candidatura à Presidência do Brasil.

Brasil/Eleições: Socialistas europeus expressam apoio a Lula da Silva em São Paulo

O encontro com o antigo presidente Luiz Inácio Lula da Silva ocorre por ocasião de uma missão da bancada dos Socialistas Europeus à América Latina, durante a qual uma delegação encabeçada pela líder do S&D, a espanhola Iratxe García, e que inclui os eurodeputados do PS Pedro Marques (vice-presidente do grupo para os Negócios Estrangeiros) e Maria Manuel Leitão Marques (coordenadora do S&D para a Assembleia Parlamentar Euro-Latino-Americana, Eurolat), se deslocará, entre 25 de agosto e 03 de setembro, ao Brasil, Chile e Argentina.

De acordo com a bancada socialista no Parlamento Europeu, esta missão a São Paulo, Santiago e Buenos Aires visa “reforçar a cooperação dos Socialistas e Democratas com líderes progressistas em três países-chave”, estando previstas reuniões de alto nível com o Presidente argentino, Alberto Fernández, e o ex-presidente brasileiro Lula da Silva, bem como com representantes do governo, membros do parlamento, da sociedade civil, sindicatos de trabalhadores e organizações de mulheres.

Projetando em concreto a visita ao Brasil, Pedro Marques sublinhou que o país “vive um momento crucial”, com a realização de eleições presidenciais em outubro, nas quais Lula da Silva enfrenta o atual Presidente, Jair Bolsonaro, que o eurodeputado português acusa de ser responsável pelo retrocesso que o país conheceu nos últimos anos nos mais diversos setores.

“Do negacionismo científico que causou milhares de mortes por covid-19, aos ataques à democracia, que nos faz temer um golpe semelhante ao tentado pelo seu mentor [o antigo presidente norte-americano] Donald Trump, Bolsonaro é responsável por um verdadeiro retrocesso a nível sanitário, económico, social, cívico e democrático no Brasil”, apontou, em declarações à Lusa.

“O Brasil vive um momento crucial e, portanto, não podemos deixar de tomar posição. Ao reunirmos com Lula da Silva agora em São Paulo, estamos a retribuir a visita que nos fez no Parlamento Europeu em novembro. Queremos assinalar o nosso apoio, para que o Brasil retome o caminho da democracia, liberdade e progresso que os brasileiros merecem”, completou o eurodeputado do PS.

Já a líder do grupo S&D comentou que “o Brasil tem um enorme potencial e responsabilidade” e argumentou que, “quando era presidente, Lula mostrou que é possível proteger o ambiente, reduzir as desigualdades e tirar milhões de pessoas da pobreza”.

“Tal como na Europa, existem forças populistas de direita que negam ameaças globais como a emergência climática e as perdas de biodiversidade e que minam a democracia. Lula traz a esperança de um futuro melhor”, declarou Iratxe García, em declarações reproduzidas num comunicado do S&D.

Fontes parlamentares indicaram à Lusa que a reunião da delegação socialista com Lula da Silva terá lugar na próxima segunda-feira, 29 de agosto, em São Paulo, às 11:00 locais (15:00 em Lisboa).

As eleições presidenciais no Brasil têm a primeira volta marcada para 02 de outubro e a segunda volta, caso seja necessária, no dia 30 do mesmo mês.

Ao todo, 12 candidatos disputam as presidenciais: Jair Bolsonaro, Luiz Inácio Lula da Silva, Ciro Gomes, Simone Tebet, Luís Felipe D’Ávila, Soraya Tronicke, Roberto Jefferson, Pablo Marçal, Eymael, Leonardo Pericles, Sofia Manzano e Vera Lúcia.

A Semana com Lusa

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project